SEABRA: Presidente da Câmara explica emenda aditiva e reclama dos serviços da Coelba

SEABRA: Presidente da Câmara explica emenda aditiva e reclama dos serviços da Coelba
SEABRA: Presidente da Câmara explica emenda aditiva e reclama dos serviços da Coelba

Marcos Pangola disse que a Emenda Aditiva ao projeto 001/2020, prevê aplicação de 50% dos valores envolvidos, na área de saúde. Ele também reclamou da qualidade dos serviços de energia elétrica feitos pela Coelba  no município.

DA REDAÇÃO Com informações da Ascom/Câmara

“Viabilizar investimentos para a prefeitura equipar uma Unidade Básica de Saúde, de modo que possa acolher pacientes suspeitos ou confirmados positivos por coronavírus/Covid-19, é uma das metas da Emenda de Aditiva ao Projeto de Lei 01/2020, destinando 50% dos recursos previstos, a serem investidos na área de saúde, conforme aprovado na Sessão Extraordinária realizada terça-feira, dia 26”, explicou o presidente da Câmara de Seabra, Marcos Pangola, durante entrevista concedida à emissora rádio Nova FM, no noticioso “Resumo da Manhã” de quinta-feira, 28 de maio.

Marcos reforçou ainda que a definição de uma unidade específica para os pacientes de coronavírus/Covid-19, evitará riscos para usuários dos serviços de saúde, que procuram as unidades para outros tipos de atendimento. “Sugeri isso ao prefeito Fábio Miranda”, disse o presidente do legislativo.

Na oportunidade, Marcos Pangola esclareceu que os Projetos de Lei 01 e 02/2020, referente à Cessão Onerosa, foram votados conforme covocação prevista no Edital 006/2020 e que, “em nenhum momento a mesma fora realizada por força de medida judicial”, explicou, rechaçando a onda fakenews espalhada pelas redes sociais.

SERVIÇO RUIM DE ENERGIA ELÉTRICA

Na oportunidade, o vereador manifestou preocupação com a qualidade dos serviços de energia elétrica. Segundo ele disse os serviços de fornecimento de energia elétrica feitos pela concessionaria Coelba – Companhia de Energia Elétrica da Bahia, tem sido de péssima qualidade, com frequentes interrupções e prejuízos para a população. “Em razão disso, estamos convocando os representantes da Companhia para esclarecimentos e adoção de medidas para solução dos problemas”, disse Marcos Pangola.

Ao site Cultura&Realidade, por telefone, Marcos informou que já manifestou ao Senador Otto Alencar o problema de energia que está afetando os habitantes da sede e zona rural de Seabra. “Diante da evolução social e econômica, não há como manter as atividades sem energia elétrica de qualidade”, disse o presidente.

Última atualização em

Deixe uma resposta