Prazer sexual é divino e ‘vem diretamente de Deus’, diz o papa Francisco

DA REDAÇÃO | Metrópoles

O papa Francisco fez uma referência aos prazeres culinário e sexual classificando-os como algo “simplesmente divino”. O comentário está registrado em um livro de entrevistas publicado na última quarta-feira (9), na Itália. “O prazer sexual vem de Deus, e os cristãos devem aproveitá-lo. Assim como comida boa”, acrescentou o pontífice.

O livro do italiano Carlo Petrini reúne uma série de entrevistas feitas pelo autor com o papa. No relato, o religioso afirma ainda que “A Igreja Católica condenou os prazeres desumanos, grosseiros, vulgares, mas, por outro lado, sempre aceitou os prazeres humanos, sóbrios, morais”.

“O prazer vem diretamente de Deus, não é católico, nem cristão, nem nada parecido, é simplesmente divino”, diz o religioso.

Deixe uma resposta