Pesquisa de João Gonçalves é lícita, diz Juíza Eleitoral, ao manter divulgação

DA REDAÇÃO I Cultura&Realidade

Candidato a prefeito Erick Gilliard e apoiadores, em Barra do Mendes, vão responder processo por formação de quadrilha, crime de calúnia, injúria e difamação.

“Estou com departamento de advogados, coordenado pela Dra. Carla Cristiane de Lima, sócia do advogado Alex Machado, só para derrubar pedidos de impugnação de nossas pesquisas Bahia a fora. Até aqui estamos ganhando todas, pois nosso trabalho é lícito. Até em Salvador tivemos que estabelecer procuração para o especialista em Direito Político, o advogado Ademir Ismerin Medina. Tudo isso para travar batalha de narrativa contra candidatos que reconhecem a seriedade do nosso trabalho, sabem do nível de assertividade das nossas pesquisas eleitorais e temem revelar a verdade da tendência eleitoral em suas bases”, explicou João Gonçalves, dono do site Cultura&Realidade e do instituto C&R Pesquisas/Terra Viva, que em 33 anos de atividades nunca errou um resultado sequer.

“A tempestade de processos que recaem sobre nosso trabalho, visando a famigerada impugnação da divulgação dos resultados é fruto da indústria da maldade. Os que sabem de antemão que não estão obtendo bom desempenho na disputa, tentam de todas as formas desqualificar, descredibilizar o conceito das nossas atividades. Estão usando qualquer tipo de artifício, às vezes pequenas falhas materiais que não comprometem a qualidade técnica e científica das pesquisas, nem os seus resultados. Fazem isso apenas para criarem pautas fantasiosas para o discurso de negação da realidade. Porém, o nosso legado de compromisso com a verdade e os princípios que norteiam nossas ações, jamais serão afetados”, afirma João Gonçalves, que teve mais uma vitória nos tribunais.

JOÃO GONÇALVES: “Infelizmente os maus políticos tentam esconder a realidade do povo. As nossas pesquisas visam oferecer transparência e fidelidade aos contextos políticos.”

Após ter derrubado sentença que suspendeu a divulgação da pesquisa de Presidente Dutra, João Gonçalves também conseguiu provar que a pesquisa de Barra do Mendes está legal, anulando qualquer discurso do grupo político que tenta negar o resultado. “Vamos derrubar todos pedidos de impugnação, pois nenhum tem base técnica, servem apenas para uma narrativa politiqueira depreciativa, elaborada pela politica do ódio, com patrocínio de quem não consegue avançar na aceitação da sociedade e dos eleitores”, desabafa.

PROMOTORA DE JUSTIÇA AFIRMA QUE A PESQUISA É LÍCITA E A JUIZA CONFIRMA A LEGALIDADE

De acordo com o relatório da Juíza eleitoral de Barra do Mendes, Juliana de Castro Madeira Campos, a Promotoria da Justiça Eleitoral considerou lícita a pesquisa, afirmando que são sem fundamentos as acusações feitas pela coligação do candidato Erick Giliard.

Ainda em seu relatório, a Juíza pontuou ítem por ítem os critérios do registro da pesquisa e afirmou que todos foram fielmente atendidos, portanto a pesquisa está legal.

“Dessa forma, após análise detalhada, observo que todos os preceitos foram cumpridos pela empresa (Terra Viva/João Gonçalves/C&R Pesquisas). Afasto, portanto, as alegações que apontam a pesquisa como irregular e fraudulenta”, afirmou a titular daquela zona eleitoral.

“Ante ao exposto, INDEFIRO os pedidos formulados para impugnação da pesquisa, haja vista que restou demonstrado que a pesquisa eleitoral cumpriu todos os requisitos normativos insculpidos no artigo 2º da Res. TSE n° 23.600/2019”, concluiu a magistrada em sua sentença conclusiva.

REPRESENTAÇÃO CONTRA ERICK GILLIARD

“Não nos resta agora outra alternativa que não seja ajuizar contra Erick Giliard e seus seguidores, que criaram e propagaram narrativa fake news de negação da pesquisa, afirmando que a mesma era falsa e fraudulenta”, informou João Gonçalves, ao encaminhar para a junta de advogados, todos os vídeos e prints de postagens nas redes sociais, onde Erick Giliard e correligionários cometeram crime de injúria, calúnia, difamação e formação de quadrilha para disseminação de inverdades.

Pela pesquisa divulgada, o candidato a prefeito Tonho de Napo se encontra com quase 20% de frente do seu adversário.

Leia aqui o conteúdo completo da divulgação da pesquisa, publicado no último dia 23 de outubro.

Deixe uma resposta