“Não tenho conhecimento dos detalhes da compra”, admite presidente da Câmara Brasil-China

Presidente da Câmara Brasil-China, Charles Andrew Tang se justifica com governo baiano, sobre declaração de compras de respiradores em empresa americana fantasma - Foto: Ilustração
Presidente da Câmara Brasil-China, Charles Andrew Tang se justifica com governo baiano, sobre declaração de compras de respiradores em empresa americana fantasma - Foto: Ilustração

O presidente da Câmara Brasil-China, “Não tenho conhecimento dos detalhes da compra e nem da empresa americana”, admite presidente da Câmara Brasil-China, enviou uma carta ao secretário estadual da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, esclarecendo o teor da entrevista concedida ao Jornal A Tarde. “Estava comentando genericamente sobre os episódios, reportados pela mídia, encontrados por vários estados na compra de respiradores. Da mesma maneira que comentei sobre os problemas noticiados sobre outros estados, escutei dizer que a Bahia tinha comprado respiradores de empresa americana que não existia. Talvez o jornal por ser baiano focou mais no seu estado”, disse Tang no documento enviado nesta terça-feira (12).

Na carta, ele também admitiu desconhecer detalhes do processo de aquisição de respiradores pelo Governo do Estado da Bahia. “não tenho conhecimento dos detalhes da compra de respiradores da Bahia e nem da empresa americana que vendeu esses respiradores. Tampouco tive a intenção de acusar nenhuma empresa, organização ou governo”, escreveu. Por fim, Tang disse que estava à disposição para prestar esclarecimentos sobre o assunto.

Leia a carta na íntegra:

Rio de Janeiro, 12 de maio, 2020

Exmo. Senhor Secretário de Saúde do Estado da Bahia
Dr. Fábio Vilas-Boas

Referente a publicação de uma entrevista dado por mim ao Jornal da Tarde de seu estado publicado na segunda feira dia 11 de maio último, gostaria de esclarecer de que estava comentando genericamente sobre os episódios, reportados pela mídia, encontrados por vários estados na compra de respiradores tão necessários para salvar vidas nessa guerra contra o Covid-19.

Da mesma maneira que comentei sobre os problemas noticiados sobre outros estados, escutei dizer que a Bahia tinha comprado respiradores de empresa americana que não existia. Talvez o jornal por ser baiano focou mais no seu estado.

Gostaria de esclarecer de que não tenho conhecimento dos detalhes da compra de respiradores da Bahia e nem da empresa americana que vendeu esses respiradores. Tampouco tive a intenção de acusar nenhuma empresa, organização ou governo.

Gostaria de reiterar meu grande apreço pelo seu Exmo. Governador Rui Costa, com quem já tive o prazer de me reunir, bem como pelo seu governo e o estado maravilhoso da Bahia.

Me coloco a disposição para prestar estes esclarecimentos.

Atenciosamente,
Charles Andrew Tang
Presidente

Última atualização em

Deixe uma resposta