Moro e Huck negociam aliança para disputa da Presidência em 2022

Chapa Sergio Moro e Luciano Huck em 2022? Os dois discutem a ideia, diz jornal. O encontro teria ocorrido no último dia 30, na casa de Sergio Moro, em Curitiba

DA REDAÇÃO | Correio Braziliense

Um encontro ocorrido em 30 de outubro pode ter sido o ponto de partida para uma chapa Moro-Huck nas eleições presidenciais de 2022. Segundo apuração da Folha de S. Paulo, naquele dia, o apresentador Luciano Huck foi à casa do ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Lava-Jato, Sergio Moro, em Curitiba, para uma longa conversa.

Segundo o jornal, discutiu-se na ocasião a possibilidade de a dupla formar uma chapa de centro. Não se discutiu quem seria o cabeça e quem ficaria como vice, algo a ser definido melhor ao longo de 2021.

Caso se concretize, a aliança tende a dificultar muito a reeleição de Jair Bolsonaro. Com popularidade crescente nos últimos meses, o presidente aparece nas pesquisas como favorito em 2022, com apenas dois nomes capazes de ameaçá-lo: o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o de Sergio Moro.

Como Lula segue impossibilitado de concorrer pela Lei da Ficha Limpa, o mais provável é que tenha de apoiar um candidato. Segundo as pesquisas, no entanto, um nome como o do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad não seria capaz de derrotar Bolsonaro no segundo turno.


Adversário à altura

Sobra como adversário à altura, em um eventual segundo turno, Sergio Moro. Pelo menos segundo as pesquisas de hoje. Ao lado de Huck, o ex-ministro de Bolsonaro tende a se fortalecer ainda mais. Mesmo sem nunca ter se lançado candidato, o apresentador da Rede Globo aparece bem colocado nas pesquisas quando seu nome é incluído.

O encontro também sinaliza que Moro, apesar de sempre negar, pode ter sim ambições políticas maiores. Recentemente, noticiou-se que o ex-juiz vinha sendo pressionado pela família para não levar tais planos adiante. O que ele fará, porém, só o tempo dirá.

Deixe uma resposta