Empresas internacionais de energia renovável reformam UPA de Morro do Chapéu

DCIM100MEDIADJI_0884.JPG
DA REDAÇÃO | Canal Energia

Em uma ação conjunta com a Prefeitura de Morro do Chapéu para reforçar a capacidade de atendimento de saúde e auxiliar a cidade na resposta à pandemia do coronavírus, as empresas EDF Renewables, Enel Green Power e Rio Energy, que atuam no desenvolvimento de parques de geração eólica na região e proximidades, realizaram a reforma de uma Unidade de Pronto Atendimento do município. Os investimentos somam mais de R$ 550 mil e contemplam, além das obras para recuperar a estrutura do espaço que abriga a UPA, a doação de leitos e outros móveis, insumos hospitalares, TVs e aparelhos de ar-condicionado para equipar a unidade e viabilizar sua reabertura para a população.

Com a reativação da UPA  será possível garantir até 11 mil atendimentos clínicos e 13.750 diagnósticos mensais por meio de exames. O espaço também será referência no tratamento do novo coronavírus para a população local e de outros municípios próximos tais quais Bonito, Cafarnaum, Iraquara, Mulungu do Morro e Souto Soares, evitando deslocamentos para cidades mais distantes, em casos de necessidade de atendimento emergencial. Segundo Leonardo Rebouças Dourado Lima, prefeito de Morro do Chapéu, a iniciativa é importante para fortalecer o relacionamento entre as empresas, as comunidades e o governo local, reforçando o compromisso das companhias com a região nas quais elas mantêm projetos.

Cada empresa ficou responsável por uma parte das doações. A EDF Renewables doou insumos hospitalares, num total de mais de 11 mil itens. O pacote incluiu de abaixadores de língua a máscaras faciais protetoras e termômetros digitais infravermelhos de testa. Todos os insumos, exceto os termômetros, foram adquiridos de uma empresa próxima do município, a fim de estimular a economia local. Segundo o CEO da EDF Renewables no Brasil, Paulo Abranches, a união de forças proporcionou uma resposta rápida que beneficiará a saúde da população durante e após a pandemia.

A Enel Green Power realizou as obras civil, hidráulica e elétrica para recuperar a estrutura da UPA, que será um importante legado para a região após a pandemia do Coronavírus. Para  Roberta Bonomi, responsável pela EGP no Brasil, a geração de valor compartilhado é um valor importante para a empresa. A abordagem significa que, para a Enel, o desenvolvimento dos negócios da empresa precisa dialogar com as necessidades das regiões onde ela atua.

Já a Rio Energy foi responsável pela aquisição do mobiliário, entre leitos, móveis para armazenamento de materiais, TVs e aparelhos de ar-condicionado. De acordo com  Marcos Meireles, CEO da Rio Energy, é uma satisfação participar da aliança na inauguração da unidade de atendimento. Segundo ele, a união é muito importante para cada vez mais se salvar vidas.

Deixe uma resposta