Em Iraquara, Nino Coutinho lidera seu retorno ao comando do município

Dados registrados no sistema do Tribunal Superior Eleitoral, apontam o atual vice-prefeito e ex-prefeito Nino Coutinho (PSD) da cidade de Iraquara, na Chapada Diamantina, como líder absoluto em todas as intenções de votos para prefeito. Em manifestações estimuladas, quando são citados nomes dos candidatos, ele obteve 53% da preferência dos entrevistados, contra 16% da candidata Keila Cristina (PL). Os indecisos são 18%, brancos e nulos 1% cada e não quiseram ou não souberam opinar, 11%.

NINO COUTINHO e KEILA CRISTINA disputam a prefeitura de Iraquara. Pesquisa realizada semana passada aponta favoritismo do ex-prefeito e atual vice-prefeito.

Os indicadores de rejeição dos dois candidatos também foram coletados. De acordo com os dados, a candidata do PL tem 23% de rejeição e Nino tem 10%. Indecisos, brancos, nulos, não quiseram ou não souberam responder, somam 67%.

A coleta de dados foi realizada pelo Instituto Terra Viva/C&R Pesquisas, nos dias 6 e 7 de outubro, ouviu 376 eleitores da sede e das comunidades que são bases de seções eleitorais, e se encontra registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BA-04603/2020. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

A pesquisa envolveu pessoas de ambos os sexos, na faixa-etária de 18 a 69 anos, com nível de renda entre ½ (meio) e 5 (cinco) salários mínimos, envolvendo pessoas de diferentes níveis de escolaridade.

SOBRE O INSTITUTO

O Instituto Terra Viva/C&R Pesquisas, faz parte do portifólio da empresa João Gonçalves de Souza de Irecê-ME, que atua em diversos ramos de atividades desde 1987 e notabilizou-se na área de pesquisas eleitorais, com serviços prestados em todo o estado da Bahia, Sul de Pernambuco e Sergipe e Norte de Minas Gerais e se encontra registrado no TSE e Conselho Regional de Estatística 5ª Região.

Ao longo dos seus 33 anos, nunca errou resultados, tendo seus estudos aferidos pelos extratos das urnas em todos os municípios em que atuou. Nas eleições de 2016, antecipou os resultados de Seabra, ao afirmar que Fabio Miranda, atual prefeito, seria eleito com mais de 8.500 votos de frente; em Iraquara, afirmou com três dias de antecedência, que a frente do prefeito Edimário seria acima de 3.200 votos. Em Souto Soares, cravou todos os resultados de Amarildo Neves.

Em 2012, afirmou que o ex-prefeito de Souto Soares seria eleito com 50,30% dos votos. Nas urnas deu 50,25%. Nas eleições de 2016 no mesmo município, a pesquisa apontava uma crescente de André Sampaio, sobre Cássio, que concorria a reeleição e aparecia com 42% das intenções de votos, à frente de André, que ganhou a maioria dos indecisos, superando o então prefeito da época a 15 dias da eleição.

Deixe uma resposta