Antecipação do 13º salário dos aposentados é confirmada pelo INSS

Mudanças de 2020 foram mantidas para os repasses dos próximos anos. Veja o que muda na vida dos segurados com a decisão.

DA REDAÇÃO | Edital Concursos Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) confirmou que vai antecipar o pagamento do 13° salário de aposentados, pensionistas por morte ou de beneficiários de outros auxílios a partir de 2021. A medida foi anunciada por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União.

Com a nova decisão, o pagamento da parcela extra do benefício será feito em duas etapas. O modelo é parecido com o utilizado para os repasses que aconteceram entre os meses de abril e junho deste ano, na antecipação do valor em razão da pandemia de coronavírus. Agora, a nova opção se estenderá para os próximos anos de forma automática.


Como fica o 13º de aposentados e pensionistas em 2021?

Segundo o decreto nº 10.410, em 2021 já está prevista a quitação da primeira parcela do 13º para agosto. Anteriormente, conforme o calendário anual do INSS, as parcelas deveriam ser quitadas no final do ano, embora fosse comum que a primeira parte fosse antecipada para o mês de agosto em algumas situações.

As datas de pagamento exatas devem ser divulgadas até o fim de 2020. Geralmente, os pagamentos caem entre os primeiros e últimos cinco dias úteis dos respectivos meses do cronograma.

Especialistas do ramo previdenciário aconselham os segurados a ficarem de olho nos rendimentos. Acostumados com os pagamentos no final do ano, a novidade pode trazer complicações aos beneficiários, sobretudo em relação ao uso do dinheiro para gastos desnecessários no decorrer dos meses.

Outra novidade, desta vez proposta pelo Senado, pode criar para este ano um 14º salário para aposentados e pensionistas do INSS. A intenção é auxiliar os beneficiários que já sacaram o 13º, mas ainda encontram dificuldades financeiras por causa a pandemia. A proposta, atualmente em tramitação, também visa movimentar a economia do país.

Deixe uma resposta