Irecê e Região

Vereador é condenado a pagar R$ 15 mil a ex-funcionária da Soma Park por danos morais

Cultura&Realidade - 25 de Setembro de 2019

file-2019-09-25160634.277618-vEREADOR_iNITITA9762947a-dfc7-11e9-b6ac-f23c917a2cda.jpg

O vereador Mainá Dourado Matos, do município de Ibititá - região de Irecê, foi condenado a pagar R$ 15 mil por danos morais a uma ex-funcionária da Soma Park Estacionamento, com sede em Irecê. - Foto: Ilustração

 

O vereador Mainá Dourado Matos, do município de Ibititá - região de Irecê, foi condenado a pagar R$ 15 mil por danos morais a uma ex-funcionária da Soma Park Estacionamento, com sede em Irecê. A decisão proferida pelo juiz de Direito, José Onofre Alves Junior, foi publicada no dia 13 deste mês, sob processo de nº 0009833-61.2018.8.05.0110.
De acordo com a sentença, no dia 07/06/2018, a ex-funcionária foi ofendida moralmente pelo vereador enquanto cumpria suas obrigações legais de trabalho na Soma Park. Nesse referido dia, o vereador teria deixado de adimplir ao estacionamento e acabou sendo notificado.

Em um momento de transtorno, como trata a sentença, o vereador teria proferido agressões verbais contra a ex-funcionária, chamando-a de vagabunda e ladra. “Aduz que tais fatos geraram tamanha angústia que a impossibilitaram de continuar ali trabalhando, vindo a pedir demissão. Diante dos fatos requereu indenização por danos morais”, diz um trecho da sentença.
O vereador ainda pode recorrer da decisão de 1º grau. 

Da Redação, com informações do Irecê Repórter.