Bahia

União dos Municípios da Bahia orienta prefeitos a suspenderem aulas e desestimular população a participar de eventos

Cultura&Realidade - 16 de Março de 2020

file-2020-03-16185153.782387-upb595518a6-67d0-11ea-a930-f23c917a2cda.jpg

UPB emitiu orientação aos prefeitos para suspenderem aulas e orientar população a não participar de eventos - Foto: Ascom/UPB

A União dos Municípios da Bahia (UPB) propôs aos prefeitos associados à entidade a implementação de medidas preventivas visando o bloqueio da cadeia de transmissão do COVID 19, já que, o vírus apresenta casos de contaminação dentro do estado da Bahia.

Entre as sugestões a serem implementadas pelos prefeitos baianos estão:

1 – A suspensão de aulas na rede pública e privada de ensino, por no mínimo 15 dias, podendo ser prorrogado, caso necessário;

2 – Orientar a população a EVITAR todo tipo de aglomeração, como aniversários, comemorações, reuniões, e outros similares.

3 – Manter idosos e crianças em casa durante 15 dias.

4 – Tornar obrigatório a colocação e disponibilização de equipamentos de álcool gel por parte dos estabelecimentos comerciais que prestam serviços à população, como: agência bancária e postos de serviços, casas lotéricas, hotéis e pousadas, varejos de alimentação, bares e restaurantes, centros comerciais, clubes, supermercados, padarias e delicatessens, cinema e teatros, oficinas, escolas, igrejas, e outros.

5 – Além disso, a população deve ser continuamente orientada quanto as formas de prevenção, sinais e sintomas, bem como fluxo de atendimento do Covid 19. Usar de preferência os meios de comunicação para divulgação dessas informações.

No caso de Belmonte, o Prefeito Janival Borges deve decretar nessa segunda-feira (16/03) a suspensão das aulas na rede municipal de ensino por 14 dias e, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, já estuda se as medidas necessárias para atender os possíveis casos do novo Coronavírus em Belmonte.

Fonte: Ascom/UPB