file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

Três assassinatos em menos de 24h marcam o final de semana em Irecê

26 de Julho de 2016

IMG-20160726-WA0008.jpg [caption id="attachment_5061" align="aligncenter" width="655"]Protesto popular na Av. Santos Lopes ontem, nas imediações do Ginásio de Esportes. | Foto: Reprodução redes sociais Protesto popular na Av. Santos Lopes ontem, nas imediações do Ginásio de Esportes. | Foto: Reprodução redes sociais[/caption] A violência parece não dar tréguas na cidade de Irecê. Durante o final de semana, em menos de 24h, foram registrados três assassinatos. Os homicídios aconteceram nos bairros Ginásio de Esporte, Boa Vista e Novo Horizonte. Fagner Batista, 25 anos, foi morto a tiros dentro de um bar, localizado na Praça do Ginásio de Esportes. O crime aconteceu na noite de sábado (23), quando um homem armado deflagrou vários tiros contra a vítima. De acordo com a polícia, o suspeito do homicídio sacou de uma arma, e sem discussão nenhuma, atirou contra Fagner, que morreu no local. Na manhã deste domingo (24), por volta das 7h, a polícia recebeu informações de que nas imediações do cemitério de Irecê havia um corpo. Ao chegar ao local, a Polícia Militar encontrou Maurílio Machado dos Santos, 27 anos, caído, com várias marcas de disparos de arma de fogo pelo corpo. De acordo com a polícia, ele era natural de Baixa Verde, município de Presidente Dutra. Uma equipe de peritos da Polícia Civil realizou o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Irecê. Outro assassinato ocorreu por volta das 22h30 deste domingo (24) na Rua Severiano Moitinho, próximo ao Posto de Saúde da Família – PSF, no bairro Novo Horizonte. Segundo a polícia, Erivaldo Paes da Silva ‘Negreto’, 26 anos, foi morto com dois tiros na cabeça. Ainda de acordo om a polícia, ‘Negreto’ morava na Rua Flor de Jasmim, 42, bairro Loteamento Félix. O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal – ILM – de Irecê. Os crimes serão investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil de Irecê. Até o momento ninguém foi preso. Via Caraíbas FM