file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

Temporal deixa a cidade de Irecê totalmente tomada pela água no final da tarde desta quarta-feira

Cultura&Realidade - 10 de Abril de 2019 (atualizado 10/Abr/2019 19h41)

file-2019-04-10180234.944970-chuvaf6dd87d4-5bd3-11e9-bab9-f23c917a2cda.jpg

Chuvas em Irecê podem alcançar 100MM. Foto: Reprodução

Está ocorrendo neste momento, em Irecê, um intenso temporal, bastante atípico para o mês de abril. Todas as ruas da cidade estão inundadas, prejudicando a circulação de veículos e pedestres.

Estima-se que em menos de 30 minutos, até o momento, sem trégua, as precipitações possam alcançar 100mm. Caso se confirme, será um dos maiores temporais da cidade para o mesmo espaço de tempo.

Várias residências e estabelecimentos comerciais foram inundados. Na estrada que liga a sede do município ao Distrito de Angical caiu uma árvore interditando o tráfego de veículos.

“As consequências são inimagináveis, considerando o aspecto de uma cidade marcada pela expansão imobiliária irregular ao longo da sua história, que há pouco tempo iniciou o processo de ordenamento da construção civil. Muitos empreendimentos foram construídos em passagens de águas de chuvas, o que compromete significativamente o fluxo das águas e afetam logradouros e empreendimentos”, salienta o secretário de meio ambiente, João Gonçalves.

Na segunda quinzena do mês de março, a prefeitura local definiu equipe própria e de empresas contratadas, para solucionar os danos causados pelas precipitações normais do período chuvoso anual.

“As atividades desenvolvidas de recuperação das vias públicas, a chamada Operação Pós-Chuvas, até o presente momento, provavelmente estejam comprometidas com as chuvas que ora caem. Mas chuva no sertão é sempre bem-vida. Vamos trabalhar e reparar os danos. Só pedimos à população para ter paciência, na certeza de que estamos empenhados em estabelecer a normalidade das nossas ruas, garantindo tranquilidade e bem-estar para nossa população”, ressalta o secretário de infraestrutura, Rogério Amorim(Figueiredo).