file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Educação

Seleção REDA para Professor na Bahia terá 7.665 vagas

02 de Fevereiro de 2017 (atualizado 29/Jun/2017 17h33)

Seleção REDA para Professor na Bahia terá 7.665 vagas

Foto: governo baiano anuncia seleção de professores via REDA. Concurso público, no entanto, não acontece desde 2011 (Divulgação/SecomBA)

Do Concursos no Brasil

Por meio de publicação oficial no dia 28/01, a Secretaria da Educação da Bahia e o Instituto Brasil de Educação (IBRAE) firmaram contrato para a execução de um novo processo seletivo para Professor do Estado, pelo Regime Especial de Direito Administrativo - REDA. De acordo com o documento, o IBRAE será o responsável pela prestação dos serviços técnicos especializados para planejamento, desenvolvimento, execução, aplicação  e entrega de resultados desta nova seleção, que ofertará 7.665 vagas de Professor.

De acordo com o IBRAE, a seleção abrirá oportunidades para Professores da Educação Básica, da Educação Profissional, da Educação Indígena, bem como para Técnicos de nível médio, que possam atuar na Intermediação Tecnológoca (EMITec), Técnico de Atendimento Educacional, além de Tradutor/Intérprete de Libras, Instrutor de Libras, Braillista e Cuidador para Atendimento Educacional Especializado.

O Instituto receberá pelos serviços prestados o valor referente à taxa de inscrição: cada candidato que concorrer às vagas de nível superior pagará R$ 38,00 e os de nível médio, R$ 29,00. As provas serão realizadas em 30 cidades do Estado da Bahia, e a vigência do contrato com a organizadora será de 180 dias, a contar da data de sua assinatura. As informações estão no Diário Oficial do Estado da Bahia, em 28 de janeiro de 2017, seção de "Licitações", página (http://diarios.egba.ba.gov.br/html/DO28/DO_frm0.html).

Ultima seleção REDA - O último processo seletivo da SEC-BA foi organizado pela Consultec em 2015 e se destinou ao provimento de 6.145 vagas para funções de Professor. Do total de vagas, 30% foram reservadas aos candidatos negros e 5% às pessoas com deficiência. As vagas foram as seguintes:

Professor da Educação Básica - 4.616 para profissionais que possuam formação de nível superior completo;

Professor Educação Profissional – 1.282 vagas para nível superior;

Professor Indígena - 247 vagas de nível médio com formação em Magistério Indígena ou formação em nível médio na modalidade normal ou equivalente.

O edital informa também que o candidato a essa função deve ser indígena e pertencer, prioritariamente, a etnia da aldeia onde deverá exercer as suas atividades, entre outros requisitos. O vencimento básico para Professor da Educação Básica e da Educação Profissional (nível superior) na época foi de R$ 962,98, acrescido da Gratificação da Função Temporária, no valor de R$ 300,25, totalizando uma remuneração de R$ 1.263,23. A função de Professor Indígena tem subsídio de R$ 986,61.

Para todas as funções ainda estava previsto o acréscimo, por dia útil trabalhado, de auxílio transporte e, de forma facultativa, a assistência médica do Estado somente para o titular, mediante contribuição mensal. A carga horária semanal dos profissionais será de 20 horas. A seleção consistiu em prova objetiva, prova discursiva (para as funções de nível superior e de caráter apenas classificatório para a função de nível médio) e prova de títulos (para as funções de nível superior). O prazo de validade do processo foi de um ano, podendo ser prorrogado uma vez.

Sobre o IBRAE - O Instituto Brasil de Educação (IBRAE) é uma instituição sem fins lucrativos, cujas finalidades e objetivos sociais são a educação, o ensino, o conhecimento e o trabalho ganham significativa importância. Atua na realização de concursos, tanto públicos quanto privados, além de processos seletivos em diversas áreas.

Três seleções públicas realizadas pelo IBRAE nos últimos dois anos constituem sua experiência atual: o concurso em andamento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá - IFAP, o concurso para o quadro da UEG e o processo seletivo de residência médica do Hospital Santa Marta. Também atua no recrutamento de estagiários, por ter se credenciado nos órgãos competentes, e na graduação, uma vez que aguarda autorização do MEC para oferecer três cursos: Administração de Empresas, Relações Internacionais e Gestão Ambiental. Nessa perspectiva, o IBRAE também planeja oferecer cursos de pós-graduação. Saiba mais em: http://www.ibrae.com.br