file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Secretaria de Meio Ambiente alerta sobre o risco de queimadas e prejuízos a população em Jacobina

27 de Outubro de 2016 (atualizado 08/Fev/2017 15h27)

file-2017-02-08132744.816495-queimada_jacobina2377f260-ee13-11e6-a9da-047d7b108db3.jpg

Foto: reprodução 

Do Notícia Livre

A primavera e o verão são estações muito aguardadas, especialmente para quem gosta de sair de casa e curtir a natureza. No entanto, é exatamente nesse período – de setembro a março – que ocorre grande parte dos incêndios/queimadas que também atingem o município de Jacobina. “O fato é que a temporadas de incêndios já começou e diante desse problema, a importância de conscientizar à população sobre os riscos e prejuízos causados pelas queimadas se torna ainda mais evidente”, explica Ivan Aquino, secretário de Meio Ambiente do Município de Jacobina.

As causas das queimadas são diversas: baixa umidade do ar, descuido de agricultores que ainda usam práticas rudimentares para o “preparo” do solo, crença popular – queima-se para vir a chuva -, e até atos criminosos. Nas últimas semanas a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, com o apoio de brigadistas voluntários, tem atendido chamadas para combater as chamas: Pingadeira, Serra do Monte Tabor, Bananeira, Leader e Cruzeiro são algumas localidades onde já ocorreram incêndios nesta temporada, mas que foram debelados. “As queimadas são crimes ambientais passíveis de punição. Destroem nossas plantas, matam animais, destroem nascentes e polui o ar. Pedimos que a população evite as queimadas, preservem o meio ambiente para esta e as próximas gerações”, disse o secretário.

Para denúncias e chamadas de combate aos focos de incêndio, a população pode acionar a Guarda Municipal de Jacobina por meio do número 153 ou ainda ligar para a Secretaria de Meio Ambiente no (74) 3621 – 2813.