file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Seabra: base aliada do novo prefeito se divide na eleição da Câmara

02 de Janeiro de 2017 (atualizado 07/Fev/2017 21h19)

file-2017-02-07180326.977076-MARCO7cf39090-ed70-11e6-81c8-047d7b108db3.jpg

Foto: a esquerda o prefeito Fábio Miranda e Marcos da Pangola, o novo presidente da Câmara de Seabra (divulgação)

Da Redação

A cidade de Seabra respirou o clima de posse durante toda a última semana de dezembro.  Os principais articuladores do novo governo liderado pelo prefeito Fábio Miranda (Rede) tiveram intensa agenda preparando conclusão das primeiras ações, formação da equipe do primeiro e segundo escalões da estrutura administrativa e principalmente o calor político promovido pela disputa da presidência da Câmara. A base aliada do novo prefeito dividiu-se em dois blocos na disputa. Um liderado pelo vereador Jorginho, outro, pelo vereador do PDT, Marcos Pangola.

A disputa foi acirrada, levando o prefeito Fábio Miranda a não intervir. “São dois blocos do nosso grupo, que participaram da nossa consagradora vitória, de modo que, qualquer um que venha a ser o escolhido pelos seus colegas, terá  o nosso apoio e vamos trabalhar pela nossa gente. O povo está cansado das picuinhas políticas. Nosso povo quer ver resultado do trabalho realizado e para isso, a Prefeitura e a Câmara devem se unir no sentimento popular e definir as prioridades de interesse do nosso povo”, disse o prefeito um dia antes da eleição da Câmara.

VEREADORES EMPOSSADOS - Por volta das 15h30 de domingo, 1º, com a Câmara lotada de convidados e militantes, foram empossados os vereadores eleitos e reeleitos Joaquim Inácio de Souza Neto (PCdoB), Lauro Roberto Ferreira Oliveira (REDE), Marcos Pires Ferreira Vaz (PDT), Richard Nikson Medeiros Ramos (PSD), Gilmaria Rosa de Oliveira (PMDB), Marcilio Luiz Souza Oliveira (PSB), Alipio de Souza Neto (Rede), Jeannethe Brandão de Souza (PSB), Mário do Carmo Pinto (Rede), Sonia Maria dos Santos Silva (PMDB), Selson Jose de Souza (PRB), Jorge Luiz Oliveira Mendes (Rede) e Lilia Carneiro da Silva (PDT).

ELEIÇÃO DA MESA DIRETORA - Em seguida iniciou-se os procedimentos para eleição da Mesa Diretora para o biênio 2017/2018. Duas chapas foram inscritas, ambas compostas por vereadores eleitos ou reeleitos pelos dois grupos que disputaram as eleições majoritárias. Uma chapa foi constituída pelos vereadores Jorge Luiz Oliveira Mendes (Presidente), Richard Nikson Medeiros Ramos (vice-presidente),  Lauro Roberto Ferreira Oliveira (primeiro secretário) e Joaquim Inácio de Souza Neto (segundo secretário).  A outra liderada pelo vereador Marcos Pires Ferreira Vaz (presidente), contou ainda em sua composição, as vereadoras Jeannethe Brandão de Souza (vice-presidente),  Sonia Maria dos Santos Silva (primeira secretária) e Lilia Carneiro da Silva (segunda secretária). Após a apuração dos votos, a chapa liderada pelo vereador “Marcos da Pangola” saiu-se vitoriosa. Com uma plenária formada em sua maioria por aliados dos vereadores da Rede, iniciou-se um momento de vaias pelo resultado. Porém, o novo presidente do parlamento municipal fez um pronunciamento, através do qual demonstrou as suas perspectivas frente à presidência do legislativo, encerrando o ato bastante aplaudido.

Ao conceder entrevista ao Cultura&Realidade, por telefone, Marcos da Pangola ressaltou que a partir de agora todos devem direcionar os olhares e a as ações para os projetos que Seabra necessita.  “Vamos desenvolver pautas afirmativas para a nossa cidade. Temos o dever de construir pontes entre a Câmara e a Prefeitura, para que tenhamos um governo à altura do nosso município, contemplando as comunidades urbanas e rurais”. Os reflexos da disputa, para mim, terminam aqui. Temos de nos unir, todos os vereadores, o prefeito e a sua equipe, para fazermos Seabra avançar”, disse.