file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Rui Costa promete inaugurar três presídios em fevereiro, entre eles o de Irecê

11 de Janeiro de 2017 (atualizado 09/Fev/2017 01h39)

file-2017-02-08233927.299412-00197da5c06-ee68-11e6-9661-047d7b108db3.jpg

Foto: Rui em entrega de novo presídio no bairro Cajazeiras, em Salvador  (Gilberto Júnior/Bocão News)

Por Rodrigo de Castro Dias, com informações do Bocão News

Durante a inauguração do novo Distrito Integrado de Segurança Pública, ocorrida nesta terça-feira (10) no bairro de Cajazeira X em Salvador, o governador Rui Costa (PT) anunciou que em fevereiro serão entregues três novos presídios: um em Irecê, um em Barreiras e outro em Salvador.

“O de Brumado ainda está em construção. No meu mandato vou abrir 4 mil novas vagas em presídios. Vamos realocar os presos em presídios lotados e tirar outros das delegacias”, afirmou. Rui aproveitou a ocasião para se queixar da falta de iniciativa do governo federal, que estaria devendo o repasse de recursos para a construção de unidades. “É importante que o governo federal ajude os estados. Os novos presídios foram bancados com 100% de recursos da Bahia, e a manutenção também. Nem um real do governo federal, que também deve participar do custeio”, reclamou.

O anúncio de Rui para a segurança pública vem em um momento crítico para a estrutura prisional na região de Irecê. A delegacia da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) em Irecê, que possui capacidade para abrigar 30 detentos, no momento está com aproximadamente 120. Em face à situação, a Defensoria Pública da Bahia editou nesta terça-feira (10) portaria instituindo um "Mutirão Carcerário" para tentar diminuir as pendências processuais de parte dos detentos.

A portaria diz que "priorizou o mutirão carcerário (situação de réu preso) desde o dia 09/01/2017 (retorno após o recesso forense) para a presente semana, sem prejuízos de atendimentos de urgência". Ainda de acordo com o documento, a medida foi tomada devido a piora nas condições da delegacia de Irecê em receber novos detentos a partir de novembro.