Irecê e Região

Ricardo Rodrigues, prefeito de Lapão, tem 85% de aprovação contra 11% que rejeitam a sua gestão

Cultura&Realidade - 22 de Março de 2019

file-2019-03-22174146.270407-LAPAOe8bfa9f2-4ce2-11e9-a938-f23c917a2cda.jpg

Prefeito Ricardo alcança 85% de satisfação popular - Foto/Arte: Ilustração

Nesta quinta-feira, 21, foi divulgado por este portal o primeiro resultado da rodada territorial de consultas públicas encomendadas pelo site Cultura&Realidade ao C&R Pesquisas/Terra Viva, apontando o atual momento de satisfação com o governo dirigido pela prefeita Rose Dourado, a tendência eleitoral e rejeição a virtuais postulantes ao cargo de prefeito nas próximas eleições.

Expomos agora, os resultados da consulta realizada em Lapão nos dias 7 e 8 deste mês, quando foram consultados os moradores de todos os bairros do Distrito Sede e dos Distritos de Tanquinho e Aguada Nova.

Nestas comunidades, a equipe entrevistou 432 eleitores que avaliaram o governo de Ricardo Rodrigues (PSD), que se encontra no seu quarto mandato de prefeito na cidade, dando sequência a uma era de 24 anos a serem completados em 2020, de um mesmo grupo político no comando do poder local. No atual momento, apenas 11% (a soma dos indicadores negativos) dos moradores das comunidades pesquisadas rejeitam a atual gestão, 85% (soma dos indicadores positivos) aprovam e 4% “não souberam responder”.

TENDÊNCIA ELEITORAL – Faltando ainda 17 meses para as próximas eleições municipais, os eleitores apontam em modo espontâneo, os nomes favoritos para a disputa. Se Ricardo tivesse viabilidade regulamentar, seria o preferido com 13%, em números aproximados, seguido de Hermenilson Carvalho (MDB) com 12%, o engenheiro Marcio Antonio Messias (PCdoB) atual vice-prefeito aparece com 11% e Militão surge na terceira colocação com 8%. Outros nomes surgem sem alcançar percentuais significativos neste momento.

Em teste para respostas estimuladas, frente a um cenário de eventual disputa entre os três principais nomes que aparecem nos indicadores populares, Márcio lidera a disputa com 37%, seguido de Hermenilson com 29% e em terceiro, Militão com 22%. “Não quiseram” ou “não souberam” responder, somam 12%.

TESTE DE REJEIÇÃO – Não ocorreu consulta para averiguar rejeição espontânea. Em teste estimulado, com indicação dos nomes, Militão tem a rejeição de 32% dos entrevistados, Márcio 25% e Hermenilson 13%. Os eleitores que “não quiseram” ou “não souberam” responder são 30% dos pesquisados.

A margem de erro desta consulta é de 2,5% para mais ou para menos e reflete o atual cenário de avaliação e tendência, nas comunidades pesquisadas, e não da totalidade das comunidades do município.


Clique aqui e saiba os resultados em gráficos por localidades e no geral.