file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Projeto Juventude Quilombola encerra sua primeira edição na próxima sexta-feira (5)

02 de Agosto de 2016

jq-news-pb.png [caption id="attachment_5158" align="aligncenter" width="558"]Foto: Arquivo CAA Foto: Arquivo CAA[/caption] O Projeto Juventude Quilombola, executado há dois anos pelo Centro de Assessoria do Assuruá (CAA), com patrocínio da PETROBRAS, realizará, na próxima sexta-feira (05), o Seminário de Encerramento da primeira etapa de suas atividades. O evento, que ocorrerá no auditório do Campus XVI da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) , em Irecê reunirá centenas de jovens e lideranças quilombolas para comemorar, junto á equipe do CAA, a finalização das ações desse projeto pioneiro que visou contribuir para a geração de emprego, renda e fortalecimento identitário de oito comunidades quilombolas, nos municípios de barro Alto, Canarana, Ibititá e Lapão, no Território de Irecê. Mais do que um simples prestação de contas o Seminário será o momento de renovar as energias para seguir construindo as ações e atividade voltadas, principalmente, ao empoderamento e Gestão de Unidades Produtivas Familiares, enquanto empreendimentos econômicos solidários a partir da produção agroecológica e beneficiamento de produtos da agricultura familiar. Nesse sentido, ao logo de dois anos de trabalho, o Projeto Juventude Quilombola implementou ações importantes no Território de Irecê: Foram dezenas de visitas técnicas, 10 módulos de capacitação ; construção de cisternas e canteiros econômicos e oito cozinhas comunitárias equipadas e entregues aos grupos de jovens e suas respectivas comunidades. Além desses importantes avanços, o projeto se efetivou como o primeiro projeto social do Território a promover o  fortalecimento dos processos educativos, sócio-organizativos, identitários e políticos nas comunidades em que atua, enxergando na possibilidade de uma produção sustentável e agroecológica e na foca da cultura quilombola, uma alternativa para a construção de novos padrões de desenvolvimento social e econômico no Semiárido. Além disso, debates abertos sobre questões de gênero, etnia e geração perpassam as atividades executadas, buscando estimular a reflexão sobre o lugar de diferença e da multiplicidade cultural no contexto social enfocado. “A ideia é que a gente conseguisse construir ações estruturadas e estruturantes que gerassem, junto aos jovens, além da geração de renda e trabalho, a possibilidade de construir uma vida mais digna e identitáriamente fortalecida”, afirmar César Damásio, coordenador do Projeto. Confira a programação do nosso Seminário de Encerramento:
08:00 – Chegada, Recepção Apresentação de Trio Pé de Serra 08:30 – Café da Manhã e Feira Agroecológica 09:00 – Abertura: Formação da Mesa com Representantes (08 Jovens) 10:00 – Balanço Sobre as Ações em Slide Show 11:00 – Apresentação dos Resultados 12:00 – Intervalo / Almoço 14:00 –Lançamento – Documentário Juventude Quilombola – Logomarca dos grupos produtivos 15:00  – Debate e Considerações 16:00 – Enceramento, Agradecimento e Entrega de Certificados 17:00 – Lanche comemorativo
  Via Projeto Juventude Quilombola