file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Presidente da CNA convoca federações para articular deputados federais

Cultura&Realidade - 12 de Setembro de 2017 (atualizado 12/Set/2017 21h59)

file-2017-09-12193737.564338-JOAO_MARTINSfa5e1812-980a-11e7-97a4-f23c917a2cda.jpg

João Martins, presidente da CNA – FOTO: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Requerer dos deputados federais dos diversos estados, para que atuem junto ao Governo Federal, pela liberação de R$ 220 milhões para o Programa de Subvenção do Prêmio do Seguro Rural (PSR), previstos no orçamento deste ano, e que se encontram contingenciados, foi a solicitação do presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), João Martins da Silva Junior, aos presidentes das federações estaduais da agricultura.

 

Na Circular que enviou às federações sobre o tema, João Martins destaca ainda que o contingenciamento dos recursos “tem prejudicado a proteção da agropecuária brasileira e a credibilidade do principal instrumento de gestão de riscos climáticos e de preços na atividade”, diz o documento.

 

Para o presidente da CNA, “o desenvolvimento do mercado de seguros rurais necessita de maior estabilidade, horizonte de longo prazo e certeza dos recursos. A contratação das apólices pelos produtores rurais precisa ser simultânea à contratação de crédito rural ou da compra de insumos, considerando o calendário agrícola, pois o plantio da safra não pode esperar”, justifica na circular.

 

De acordo com as informações, os produtores estão contratando crédito de custeio da safra de verão desde fevereiro de 2017, porém, os atrasos de repasse do seguro, compromete o planejamento dos produtores, colocando em xeque a política de mitigação de riscos, com enormes incertezas para a agropecuária brasileira.