file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

População invade delegacia e lincha em via pública, suspeito de assassinato

28 de Julho de 2016

felipe-gama.jpg [caption id="attachment_5114" align="aligncenter" width="477"]FILÓ Filó/Foto arte Jaobina Notícias[/caption]   Em Morro do Chapéu, o jovem Felipe Gama, de 15 anos, saiu de casa para a escola e no trajeto foi abordado por dois assaltantes. Ao reagir à voz de assalto, foi alvejado com um tiro no rosto, disparado, segundo a polícia, por José Nilton Damião, vulgo "Filó", de 24 anos, já com diversas passagens na Delegacia de Polícia. O comparsa é um menor de identidade ainda não divulgada. Felipe chegou com vida ao Hospital São Vicente de Paula, mas não resistiu aos ferimentos. O episódio revoltou a população, pois Felipe, filho de família bastante querida na cidade, era considerado um bom estudante e bastante responsável. Transtornados, populares, ao saberem da prisão dos suspeitos, ocuparam a porta da Delegacia, até invadirem-na e retirar à força o suspeito Filó, que foi espancado em via públicas até à morte. Informações ainda não confirmadas dão conta de que o segundo suspeito teria sido também alcançado pelos revoltados. Durante o ato de linchamento, segundo relatos de testemunhas, pessoas gritavam palavras de ordem de que "já não aguentamos mais esta violência de bandidos contras os cidadãos", "chega de roubos e tráfico de drogas" e que "em Morro do Chapéu o crime não vai reinar".