file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

PF cumpre mandado de busca e apreensão na Bahia por suspeita de fraude em prova de redação do Enem

Cultura&Realidade - 19 de Janeiro de 2018 (atualizado 19/Jan/2018 10h35)

file-2018-01-19102916.448691-fraude-enem-02_1bf0fdecc-fd1c-11e7-98f4-f23c917a2cda.jpg

Operação foi realizada na manhã desta sexta-feira (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

 

Ação da polícia ocorreu na manhã desta sexta-feira (19), em Salvador. Banca de correção das provas apontou plágio de livro de Maria do Carmo Ribeiro.

Polícia Federal cumpriu, na manhã desta sexta-feira (19), um mandado de busca e apreensão em Salvador para investigar uma suspeita de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017.

De acordo com a PF, a banca responsável pela correção das provas, realizadas no dia 5 de novembro de 2017, identificou que, na prova de redação, o candidato investigado plagiou a sinopse do livro “Redação de Surdos: Uma Jornada em Busca da Avaliação Escrita”.

A publicação é da autora Maria do Carmo Ribeiro e a sinopse está disponível em sites da internet. O tema da redação do Enem no ano passado era "Desafios para a Formação Educacional dos Surdos".

Prova do Enem do candidato investigado foi apreendida (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A polícia ainda não detalhou em qual bairro foi realizada a busca e apreensão, nem o material que foi recolhido. Entretanto, explicou que a partir da comunicação da suspeita à Polícia Federal foi instaurado inquérito policial e solicitada à Justiça Federal a expedição do mandado de busca, com o objetivo de localizar elementos de prova que levem ao esclarecimento completo da fraude.

Não há informações sobre como o candidato plagiou o texto da autora Maria do Carmo Ribeiro. A PF também investiga se outras pessoas têm envolvimento na fraude. Uma coletiva em Salvador será realizada às 11h [horário local] para detalhar a operação.A polícia informou ainda que, caso as suspeitas sejam confirmadas, o investigado deverá ser indiciado pelo crime de fraude em certame de interesse público, previsto no artigo 311-A do Código Penal, cuja pena é de 1 a 4 anos de reclusão  e multa.e multa.

Candidato do Enem em Salvador é suspeito de plagiar trecho de livro em redação do exame (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Candidato do Enem em Salvador é suspeito de plagiar trecho de livro em redação do exame (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

FONTE:G1