file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Politica

Parecer técnico confirma fraude em eleição do diretório estadual do PT na Bahia

Rodrigo de Castro Dias - 03 de Maio de 2017 (atualizado 21/Jun/2017 10h43)

Foto: partido ainda não se manifestou a respeito de parecer da Polícia Técnica (Reprodução)

Foto: partido ainda não se manifestou a respeito de parecer da Polícia Técnica (Reprodução)

Do Bahia Notícias

Um parecer técnico feito por um perito do Departamento de Polícia Técnica (DPT) confirmou que houve fraude na eleição do diretório estadual do PT na Bahia. O documento assinado por José Antonio Vilela Dourado identifica que as imagens das assinaturas foram provenientes de um único punho. A suspeita foi levantada pela chapa 'Muda PT', encabeçada pelo deputado federal Waldenor Pereira, que alega ter vencido a eleição com mais votos do que os que foram anunciados. O perito identificou irregularidades nas listas de votação de América Dourada, Aramari, Arataca, Boa Vista do Tupim, Gandu, Gentio do Ouro, Ibipeba, Jussara, Prado, Nazaré, Jussara, São José da Vitória e Uruçuca.

A eleição aconteceu no último dia 9 de abril, com início da apuração às 18h. Por volta das 23h, a contagem dos votos ficou suspensa. No dia seguinte pela manhã, a sala com todos os documentos foi trancada e o funcionário, dispensado. Parecer da Comissão Organizadora Estadual (COE-BA) considerou em parecer final sobre o processo eleitoral que a apuração permaneceu por quase 48 horas funcionando com a ausência de informações da Secretaria de Organização do PT-BA, responsável pela recepção das atas de apuração dos Processos de Eleições Diretas (PEDs) municipais, para a COE. "Neste período apenas o secretário da SORG, que também é membro de chapa, esteve sozinho com todas as informações e documentos que chegaram por e-mail e só ele teria acesso", diz o documento. A totalização da apuração aconteceu às 14h do dia 12 de abril, com a presença de todas as chapas. Foram contabilizados 5.761 votos.