file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Parceria da Codevasf com Exército promove ação ambiental às margens do São Francisco

11 de Abril de 2017 (atualizado 21/Jun/2017 15h22)

Investimento é de R$ 9 milhões e canteiro de obras já está sendo montado; equipes das duas instituições visitam ações na região para conhecer boas práticas

Foto: Exército e Codevasf estão trabalhando em conjunto por ações de revitalização na bacia do São Francisco (Divulgação/Codevasf)

Foto: Exército e Codevasf estão trabalhando em conjunto por ações de revitalização na bacia do São Francisco (Divulgação/Codevasf)

Uma parceria entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o Exército Brasileiro, por meio de seu 4º Batalhão de Engenharia de Construção – sediado em Barreiras, no Oeste baiano –, vai promover a contenção de processos erosivos em um trecho de 2,8 quilômetros às margens do rio São Francisco na comunidade de Itacoatiara, município de Barra. O investimento na ação é de R$ 9 milhões viabilizados em um termo de execução descentralizada firmado entre as instituições.

A ação no município de Barra está em fase de montagem do canteiro de obras, enquanto é aguardada a descida do nível do rio para iniciar a execução dos serviços. Junto com uma equipe da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa, representantes do Exército vêm visitando locais onde foram realizados trabalhos semelhantes pela Codevasf - Fazenda Grande, no município de Muquém do São Francisco, e Gameleira, no município de Sítio do Mato.

“É uma parceria extremamente importante, sobretudo pela qualidade e pela seriedade na execução de serviços, que são marcas do Exército", disse o superintendente regional Harley Nascimento durante o encontro com a equipe do Exército encarregada da obra. “A revitalização do rio São Francisco é uma atividade nova para o 4º BEC do Exército. Então o compartilhamento de experiências é essencial”, afirmou o Capitão Machado, que liderou a equipe do Exército na visita à sede da Codevasf no Médio São Francisco da Bahia.

“Além de passar a experiência das ações anteriores da Codevasf, que enriquecerão o trabalho nesta intervenção em Itacoatiara, estamos aproveitando para conversar sobre a possibilidade de ampliarmos a parceria com o Exército. Além do controle de processos erosivos, existem outras iniciativas importantes que promovem o acesso da população à água e ajudam a preservar a bacia, como os sistemas de esgotamento sanitário, as estradas vicinais e os sistemas de abastecimento de água”, aponta Luiz Geraldo Bastos, técnico da Codevasf na 2ª Superintendência Regional responsável por fiscalizar a ação.

Foto: ação conjunta está combatendo degradação de margens na bacia do São Francisco (Divulgação/Codevasf)

Métodos diversos

Os trabalhos de recuperação ambiental e de controle de processos erosivos às margens das bacias hidrográficas dispõem, em geral, de diferentes métodos: revegetação; cercamento e proteção de nascentes, matas ciliares e topos de morro; construção de “barraginhas” e terraços, readequação de estradas vicinais e estabilização de margens, entre outras.

Uma das principais finalidades dessas intervenções é captar e acumular águas pluviais, aumentando assim sua infiltração no solo e promovendo o abastecimento dos lençóis freáticos – os serviços também ajudam a reduzir o escoamento superficial de água, o que evita o arraste de sedimentos, o empobrecimento do solo e o assoreamento dos cursos d’água.

Entre as importantes ações de controle de processos erosivos já empreendidas pela Codevasf em parceria com o Exército Brasileiro está a recuperação de margens do rio São Francisco na região da Ilha da Tapera, próximo ao município de Barra, na Bahia, onde o investimento foi de mais de R$ 18 milhões.