file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Onda de assaltos volta a assustar população de Irecê; Comércio também é vítima dos criminosos

11 de Outubro de 2016

violencia.jpg [caption id="attachment_6026" align="aligncenter" width="450"]Foto: reprodução web Foto ilustrativa: reprodução web[/caption] Da Caraíbas FM Os números alarmantes da violência na cidade de Irecê têm preocupado a população. Para se ter uma ideia da criminalidade que tem deixado o ireceense apreensivo, nas últimas 48 horas foram registrados vários assaltos, principalmente com o emprego de arma de fogo e arma branca, em bairros de todos os setores da cidade, conforme dados policiais. Em sua maioria, os crimes mais frequentes são assaltos à mão armada. Somente das 19h de sexta-feira (7), até às 6h desta segunda (9), ocorreram seis casos registrados com porte de arma de fogo. São celulares, bolsas, bicicletas, motos e carros arrancados dos donos diariamente por criminosos. Durante o fim de semana, uma série de assaltos com arma de fogo foi registrada em bairros de Irecê. Além de assaltos, os bandidos também invadem residências. No sábado, por volta das 19h - bandidos invadiram uma casa na Rua S, bairro Boa Vista, e roubaram dois celulares, uma câmera fotográfica digital, um botijão de gás, um aparelho DVD, além de um computador completo e produtos de beleza para sacoleira no valor de três mil reais. No bairro Lagoa de Tió, a dona de casa Milena Alves dos Santos, teve o celular tomado por dois assaltantes armados em uma moto preta, por volta das 19h, do mesmo dia. A criminalidade não tem hora. Na manhã deste domingo (9), por volta das 9h, dois criminosos armados em uma moto abordaram Jamile Souza e Sandra Medeiros e roubaram sua bolsa com dinheiro, celular, óculos e documentos, próximo à residência de uma delas, no bairro Fórum. Mais tarde, por volta das 14h30, dois indivíduos armados em uma moto cinquentinha preta, roubaram o celular de Jucilene Maria de Freitas, na Rua Sete de Setembro, próximo à Ciretran. Ambos os casos ocorreram com bandidos que estavam armados, segundo a polícia. Também neste domingo (9), no centro da cidade, próximo à loja o Boticário – Rita de Cássia e Aline dos Anjos, foram surpreendidas por três criminosos armados, por volta das 22h, e tiveram seus celulares roubados.