Saúde

O poder da própolis no tratamento das inflamações renais

Cultura&Realidade - 14 de Janeiro de 2019 (atualizado 14/Jan/2019 12h33)

file-2019-01-14113717.577824-extrato-de-propolis-verde-22089-MLB20222430249_012015-Oe450bd92-1809-11e9-80ca-f23c917a2cda.jpg

No Brasil mais de 6 milhões de brasileiros podem ter suas vidas mudadas a partir dessa nova descoberta Foto: Divulgação

Por Gilberto Neiva – Cultura&Realidade

Segundo uma pesquisa do médico Marcelo Vieira, aluno de doutorado do grupo de Nefrologia da Faculdade de Medicina da USP, o extrato da própolis, substância que vem da resina da abelha, ajuda a revigorar as funções dos renais, reduzindo as inflamações dos rins. No Brasil mais de 6 milhões de brasileiros podem ter suas vidas mudadas a partir dessa nova descoberta.

Além das vantagens já conhecidas, a própolis pode ser usada para acelerar a regeneração dos tecidos, cicatrização e desinfecção de feridas ou queimaduras, secar espinhas, tratar a dor de garganta, gripe, sinusite e amigdalite e ajudar a tratar problemas respiratórios, incluindo a tosse irritativa ou com catarro, o estudo mostrou eficiência no tratamento para os rins.

O cineasta Agenor Alves D´Leon, 55 anos, fez parte do tratamento experimental. Durante um ano ele tomou 500mg de extrato de própolis e as inflamações renais diminuíram em 30%, o afastando das sessões de hemodiálises e até mesmo de um possível transplante no futuro.

O tratamento pode ser uma opção viável para mais de 120 mil brasileiros que fazem sessões de hemodiálise. Sem efeitos colaterais e acessível à população, a própolis não interfere na ação de outros medicamentos.

Produção de Própolis

O Brasil é o terceiro país que mais produz a substância no mundo, ficando atrás apenas da Rússia e da China. São 13 tipos catalogados, entre eles o marrom, o vermelho e o verde. Cada um tem uma composição química diferente, porém, todos atuam como um potente anti-inflamatório.

Futuro

Até o ano que vem, cápsulas da substância devem chegar as farmácias. Também devem aparecer novos estudos em outras áreas da saúde, já que a substância é eficaz em vários tipos de enfermidades.