Irecê e Região

Nova decisão do TSE mantém suspensão dos direitos políticos de Luizinho Sobral

Cultura&Realidade - 25 de Abril de 2019

file-2019-04-25144638.533377-7A579C66-383F-43B7-A501-02ED8CB15A9013b1e40e-6782-11e9-bab9-f23c917a2cda.jpg

Ex Prefeito de Irecê, Luizinho Sobral.

 

 

O ex-prefeito de Irecê, Luizinho Sobral, vai continuar inelegível por oito anos. É que nesta quarta-feira (24), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do ministro Luís Roberto Barroso, negou o recurso de Sobral, que pretendia suspender a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O ex-prefeito foi considerado inelegível pelo TRE-BA por abuso de poder, através de meios de comunicação, nas eleições de 2012.

Conforme a decisão, o então candidato foi beneficiado pela rádio Líder FM no pleito citado. Sobral foi eleito naquela eleição. O favorecimento foi comprovado através de supressão de inserções e alteração de cronograma de mídia para privilegiar a candidatura de Sobral, além de “divulgação de matérias favoráveis à chapa em percentual significativamente superior à chapa adversária em sítio eletrônico no período de 05.07.2012 a 07.10.2012 e tratamento privilegiado por meio de emissora de rádio com a divulgação de comentários favoráveis à campanha dos recorrentes e desfavoráveis à coligação recorrida”.

 

Da redação, com informações do site Bahia Notícias