Bahia

Natural de Irecê, atriz é destaque no Prêmio MicroInfluenciadores Digitais

Cultura&Realidade - 03 de Janeiro de 2020

file-2020-01-03165103.547244-Sem_titulo-25fb38b94-2e62-11ea-a930-f23c917a2cda.jpg

Nascida em Irecê, no Sertão baiano, desde 2014 Pam Nascimento (31) desenvolve conteúdo digital com foco no empoderamento feminino, através do cabelo crespo, maternidade solo, moda consciente e feminismo negro. - Foto: Ilustração

 

A atriz baiana e criadora de conteúdo Pam Nascimento,  é uma das vencedoras da segunda edição do Prêmio MicroInfluenciadores Digitais, na categoria “Ativismo”. A cerimônia de premiação acontece no dia 18 de janeiro de 2020, no Teatro Fecap, em São Paulo, a partir das 17h.

Realizado pelo Centro de Estudos da Comunicação (Cecom) e pela plataforma Negócios da Comunicação, o prêmio tem como objetivo reconhecer e valorizar o empreendedorismo e a habilidade das pessoas se comunicarem de forma inovadora, com destaque para os Influenciadores Digitais mais relevantes do Brasil.

Nascida em Irecê, no Sertão baiano, desde 2014 Pam Nascimento (31) desenvolve conteúdo digital com foco no empoderamento feminino, através do cabelo crespo, maternidade solo, moda consciente e feminismo negro.
Pam também é fundadora do projeto “Lélia Gonzalez - o Brasil precisa ouvir essa voz”, que consiste em uma homenagem à intelectual, militante e ativista do movimento negro e pioneira no feminismo negro no Brasil, Lélia Gonzalez.

Da Redação, com informações do BN.