Cultura, Esporte e Lazer

Morrense é indicado ao prêmio BRASKEM de Melhor Ator em 2019

Cultura&Realidade - 14 de Janeiro de 2020 (atualizado 14/Jan/2020 09h50)

file-2020-01-14094742.941070-morense0e4e1298-36cc-11ea-a930-f23c917a2cda.jpg

Morrense Jarbas Oliver, indicado ao prëmio BRASKEM - Foto: Ilustração

A mais tradicional premiação das artes cênicas destaca anualmente as melhores produções do teatro baiano em 8 categorias: Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil, Direção, Ator, Atriz, Texto, Revelação e Categoria Especial. Os indicados para a 27ª edição do Prêmio Braskem Braskem foram anunciados nesta segunda-feira, 13.


Foram avaliadas 58 peças teatrais baianas profissionais e inéditas, que estiveram em cartaz em Salvador no período de 4 de abril a 23 de dezembro de 2019. Mais uma vez, em parceria com o Festival de Teatro do Interior da Bahia, 5 espetáculos concorrerão na categoria Espetáculo do Interior.

Os destaques do teatro baiano em 2019 foram eleitos pela comissão julgadora, que este ano foi composta por Andrea Elia, atriz, diretora e professora de teatro; Elaine Cardim, atriz, doutoranda em Artes Cênicas e professora da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA); João Lima, diretor e presidente da Cooperativa Baiana de Teatro; Marilza Oliveira, doutoranda, mestra em Dança e professora da Escola de Dança da UFBA; e Marcos Uzel, jornalista, escritor e professor com pós-doutorado em Artes Cênicas.

Os espetáculos vencedores da 27ª edição do Prêmio Braskem de Teatro serão conhecidos durante cerimônia de premiação realizada na sala principal do Teatro Castro Alves, na capital baiana.

Além do troféu, os vencedores das categorias Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil e Espetáculo do Interior receberão um prêmio no valor bruto de R$ 30 mil cada, enquanto os demais vencedores serão contemplados com um prêmio no valor bruto de R$ 5 mil cada.

O Prêmio Braskem de Teatro é uma realização da Caderno 2 Produções e patrocinado pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

Confira os indicados ao 27º Prêmio Braskem de Teatro:

Espetáculo Adulto
— Holocausto Brasileiro
— Última Chamada
— Pele Negra, Máscaras Brancas
— Sonho de uma Noite de Verão na Bahia
— Vermelho Melodrama

Espetáculo Infantojuvenil
— Sarauzinho da Calú
— O Jabuti e a Sabedoria do Mundo
— Tati Búfala
— Eu vou te dar Alegria

Texto
— Gildon Oliveira e Jorge Alencar, por Vermelho Melodrama
— Aldri Anunciação, por Embarque Imediato
— Diego Araúja, por Holocausto Brasileiro
— Gildon Oliveira, por Das Coisa Dessa Vida
— Luis Antônio Sena Júnior, por Última Chamada

Direção
Onisajé (Fernanda Júlia), por Pele Negra, Máscaras Brancas
— Thiago Romero, por Última Chamada
— Jorge Alencar, por Vermelho Melodrama
— João Miguel, por Das Coisa dessa Vida
— Diego Araúja, por Holocausto Brasileiro


Ator
— Ricardo Fagundes, por Das Coisa Dessa Vida
— Eduardo Gomes, por Vermelho Melodrama
— Jarbas Oliver, por Sonho De Uma Noite De Verão Na Bahia
— Israel Barreto, por O avô e o rio / Revolução
— Everton Machado, por Balada De Um Palhaço

Atriz
— Márcia Lima, por Holocausto Brasileiro
— Edvana Carvalho, por Aos 50 Quem Me Aguenta?
— Ana Mametto, por Sonho De Uma Noite De Verão Na Bahia
— Véu Pessoa, por Vermelho Melodrama
— Fernanda Beltrão, por Dois Pesos, Duas Medidas

Revelação
— Elisleide Bonfim, pela atuação em Holocausto Brasileiro
— Caio Rodrigo, pelo texto de As Cidades
— Matheuzza, pela atuação em Pele Negra, Máscaras Brancas
—  Rodrigo Lélis, pela atuação em Osso
— Cristina Leifer, pelo texto de Ensaios Sobre O Fim

Categoria Especial
— Aianne Bilitário e Marcos Lobo, pela cenografia de Escorpião
— Luis Santana, pelo figurino e adereços de Vermelho Melodrama
— Yacoce Simões, pela direção musical de Sonho de Uma Noite de Verão na Bahia
— Euro Pires, pelo figurino de Aos 50 Quem Me Aguenta?
— Erick Saboya, pela cenografia de As Cidades

O Prêmio Braskem de Teatro, que é uma realização da Caderno 2 Produções e patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, tem o objetivo de valorizar, reconhecer e premiar a produção teatral do estado, abrindo espaço para o surgimento de novos talentos.


Com conteúdo do Léo Ricardo Noticias