file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

Minha Casa Minha Vida: Elmo Vaz comenta sobre o programa em Irecê

07 de Outubro de 2015

Elmo-Vaz.jpg Elmo-Vaz O superintendente da Embasa Elmo Vaz se encontra participando do 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, ao lado do presidente da Embase Rogério Cedraz e outros diretores da companhia, bem como, do presidente mundial das águas Benedito Braga e do relator para o saneamento das Organizações das Nações Unidas (ONU) Léo Heller e outras autoridades de todos os Estados brasileiros, avaliando a crise hídrica mundial, que ocorre paralelamente à econômica. De acordo com informações de Elmo Vaz, ex-presidente da Codevasf, o encontro promoverá a construção de uma agenda mínima para o saneamento nos próximos anos, com participação de profissionais, entidades do setor privado e poder público. “Tal agenda tem a finalidade de elaborar propostas que possam ser implementadas no curto prazo, visando manter os níveis de investimentos e colocar em prática ações de desenvolvimento institucional do setor de saneamento básico. Este é o desafio de todas as nações do mundo”, salienta o ireceense. O Congresso brasileiro de engenharia sanitária e ambiental é considerado o maior da América Latina e reúne cerca de 5.000 profissionais e autoridades mundiais. Para o presidente da ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária, Dante Ragazzi Pauli, a água tem que permanecer como prioridade política e este é um momento crucial para que isso se consolide, especialmente através da união dos profissionais do setor e da capacitação: “Temos que fortalecer a base de quem opera o saneamento no Brasil”. Sobre a questão hídrica no Território de Irecê, Elmo Vaz destaca que foi um dos articuladores, junto com o ex-prefeito Zé das Virgens e Joacy Dourado para a aprovação do maior investimento da história de Irecê, que foi a Adutora do São Francisco e a obra de esgotamento sanitário que será licitada em breve pela Embasa, totalizando mais de R$ 180 milhões de reais, “o que vai favorecer significativamente a qualidade ambiental e de vida das pessoas”, disse Elmo. AGENDA EM IRECÊ – Por conta desta agenda oficial, Elmo Matos lamentou não estar hoje junto com Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, do secretário de Justiça Geraldo Reis, bem como do governador em exercício João Leão, em Irecê, para a solenidade de entrega das 452 casas do programa “Minha Casa Minha Vida”. De acordo com ele, o programa habitacional de iniciativa do governo federal é de extraordinária importância social e parabenizou o ex-prefeito Zé das Virgens por ter desenvolvido os projetos e celebrado os contratos das obras para construção das casas que estão sendo hoje entregues em solenidade com participação das três esferas de governo: prefeitura municipal de Irecê, governo do estado e governo federal.