IRECÊ

Mais um decreto na cruzada de Irecê contra o coronavírus: Elmo Vaz amplia abertura comercial

Cultura&Realidade - 04 de Maio de 2020

file-2020-05-04201706.965828-elmo5f4524a0-8e5d-11ea-b070-f23c917a2cda.jpg

Secretária de saúde Dulce Barreto e o prefeito Elmo Vaz, anunciam em live as novas medidas de enfrentamento ao coronavírus em Irecê - Foto: Print da Live

Em transmissão ao vivo, às 17h desta segunda-feira, o prefeito Elmo Vaz justificou para Irecê e região, o novo formato restritivo de prevenção à infestação do coronavírus/Covid-19 a ser usado no âmbito do território do município. O prrefeito amplia a abertura comercial e estabelece regras de cuidados preventivos como condicionantes, prometendo fiscalização e punição às infrações.

"Para evitar o contágio, temos obtido sucesso em nossas ações, até aqui. Para que possamos manter os bons resultados, estabelendo um bom equlíbrio entre a prevenção à doença e a minimização ds impactos negativos à economia, temos de ter disciplina, seguir as normas e isso depende da cooperação, da participação e do compromisso de todos", disse o prefeito ao site Cultura&Realidade.

O novo decreto foi publicado no Diário Oficial desta segunda (04/05) com todos os detalhes do regramento. 

COMÉRCIO – As empresas de serviços essenciais podem abrir às 8h. As demais devem abrir a partir das 9h. Os estabelecimentos devem fornecer máscaras aos seus funcionários, e somente devem atender ao cliente que esteja devidamente protegido com o uso de máscara, além de afixar avisos em suas entradas advertindo sobre a obrigatoriedade do uso.

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL – Fica autorizado, nas modalidades vans, táxis e afins o transporte intermunicipal oriundos das cidades que não possuem casos confirmados de Covid-19, e todos os passageiros e motoristas devem usar máscara. Contudo, ficam suspensas até o dia 12/05 a circulação, a saída e a chegada de ônibus e micro-ônibus, conforme decreto do Governo do Estado.

AULAS - Fica mantida a suspensão das aulas na rede pública e privada até o dia 18/05, conforme determinação do Governo do Estado da Bahia.

QUADRAS ESPORTIVAS E CLUBES RECREATIVOS – fica proibido o funcionamento para utilização coletiva, sejam eles púbicos ou privados. Contudo, fica liberada a prática de esporte individual em praças públicas e clubes.

RESTAURANTES E BARES - Fica permitido o funcionamento de bares, restaurantes e afins a partir das 9h, até o horário máximo das 22h, com redução de 50% das mesas e afastamento de 2 metros entre elas, sem uso de som mecânico ou música ao vivo.

IGREJAS – Permanecem as regras do decreto anterior, reiterando a proibição do uso de som mecânico ou som ao vivo (bandas).

Todas as normas estabelecidas nos decretos anteriores que fixam regras para serviços essenciais, academias, centro de fisioterapia, pilates e outros, também permanecem em vigor.

Acesse o decreto em seu inteiro teor: clique aqui.