file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Mais de 290 animais são resgatados durante operação conjunta em Ipupiara

Rodrigo de Castro Dias - 28 de Abril de 2017 (atualizado 21/Jun/2017 11h07)

Mais de 290 animais são resgatados durante operação conjunta em Ipupiara

Foto: animais silvestres foram salvos de cativeiros irregulares em ação de força-tarefa coordenada pelo Ministério Público da Bahia (Divulgação/GOVBA)

Uma operação dos agentes de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), realizada até a última terça-feira (25), no município de Ipupiara, na região da Chapada Velha, conseguiu resgatar 291 animais. Técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e Ministério Público da Bahia (MPBA) estiveram em mais de 50 residências e encontraram aves, como papagaios, cardeais, azulões, periquitos e maritacas, além de um mico.

Todos os animais silvestres estavam em cativeiro e muitos viviam em gaiolas sujas, o que configura sinais de maus tratos. Além de aves, foram encontrados dois filhotes de veados, que eram criados como animais de estimação em uma casa. O morador recebeu uma multa do Ibama. Um criador de aves também foi preso por possuir pássaros sem registro e uma ave com a anilha adulterada, configurando crime ambiental. Todos os animais resgatados passam por um processo de reabilitação e são reinseridos na natureza. A pessoa que for flagrada criando animais silvestres em cativeiro sem a autorização do Ibama, pode ser multada e até presa.

A ação é coordenada pelo MPBA, por meio do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco (Nusf), com participação da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) e polícias Civil e Militar, além das secretarias estaduais da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), da Fazenda (Sefaz), do Meio Ambiente (Sema), da Saúde (Sesab) e da Segurança Pública (SSP), entre outros órgãos.

Com informações da Secom/BA