file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Saúde

Mais da metade de cidades baianas está propensa a surtos de dengue, zika e chikungunya

Cultura&Realidade - 24 de Janeiro de 2019

file-2019-01-24091401.798166-dengue-288f67e12-1fd1-11e9-80ca-f23c917a2cda.jpg

Foto: Divulgação

A Bahia tem 255 cidades em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya, segundo dados do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) divulgados ontem (12) pelo Ministério da Saúde.

Das cidades destacadas no estado, 186 estão em alerta, incluindo Salvador. Irecê se encontra no ‘satisfatório – IPP < 1,0’. Outras 69 têm risco de surto das doenças.

Na Bahia, a maior parte dos criadouros do Aedes aegypti foi encontrada em depósitos de água (5.427), seguida por depósitos domiciliares (1.735) e lixo (490).

Confira lista dos municípios

Da redação, com informações do site Metro1