Mundo

Lula se reúne com Papa Francisco para discutir combate à pobreza

Cultura&Realidade - 17 de Fevereiro de 2020 (atualizado 17/Fev/2020 09h22)

file-2020-02-17092128.768596-DF0611e6a8-5180-11ea-a930-f23c917a2cda.jpg

O ex-presidente deve retornar ao Brasil neste sábado - Foto: Ilustração

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu na última quinta-feira com Papa Francisco, no Vaticano, em uma audiência privada por quase uma hora. Foi o primeiro encontro entre os dois. A reunião, que não constou na agenda do pontífice, aconteceu na casa de hóspedes Santa Marta, dentro da Cidade do Vaticano, onde mora o argentino.


Lula chegou acompanhando por uma pequena comitiva na qual estavam o ex-ministro Celso Amorim (que comandou o Itamaraty nos seus oito anos de governo) e seu fotógrafo oficial, Ricardo Stuckert, que registrou o encontro. Segundo a assessoria de Lula, no encontro o ex-presidente discutiu com Jorge Mario Bergoglio o combate à pobreza — um dos principais temas da agenda de Francisco.


A reunião entre o brasileiro e o argentino foi intermediada pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández, que visitou o conterrâneo no Vaticano no dia 31 de janeiro.  


Esta é a primeira viagem internacional de Lula após ele deixar a prisão, em novembro. A ida à Itália foi autorizada pela Justiça de Brasília, que adiou uma audiência que ele teria referente à Operação Zelotes desta para a próxima semana. 


Na noite desta quinta-feira, Lula será recebido na Confederação Geral dos Trabalhadores Italianos, uma espécie de CUT local, onde será recepcionado por brasileiros residentes na Itália do Comitê Lula Livre.O ex-presidente deve retornar ao Brasil neste sábado. Segundo informou o Itamaraty, os diplomatas brasileiros baseados em Roma não estão auxiliando Lula na viagem pois ela “não tem caráter oficial”.


Com conteúdo de O Globo