file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

João Dourado: Projeto social vai contemplar adolescentes em conflito com a lei e suas respectivas famílias

13 de Novembro de 2015

p.jpg p

O Programa Cidadão foi um dos 75 projetos aprovados pela Fundação Itaú Cultural

Na última quarta-feira (11), a Secretaria de Assistência Social de João Dourado deu início a um importante projeto, desenvolvido durante o ano de 2015 pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social do município e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Trata-se do Programa Cidadão, um dos 75 projetos aprovados em todo o país pela Fundação Itaú Social.O município será beneficiado com recursos que possibilitarão ofertar atendimento especializado a adolescentes em conflito com a lei e suas respectivas famílias. O projeto foi elaborado pela assistente social Ediana Dourado e aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), uma equipe técnica composta por educadores sociais, assistente social e psicólogo acompanhará de perto estes menores infratores e suas famílias, incentivando sua volta ao convívio social de maneira saudável. O incentivo ao retorno aos estudos e à profissionalização destes jovens também faz parte das ações do programa. Os serviços estarão à disposição da comunidade a partir de janeiro de 2015. "Estamos muito felizes por mais este avanço do nosso município! Não há nenhum serviço semelhante sendo ofertado na região de Irecê, e para nós é um grande privilégio sermos pioneiros com esta iniciativa. Parabéns à Prefeitura Municipal, à Secretaria de Assistência Social, ao CREAS, ao CMDCA e ao povo de João Dourado!", comemora Ediana. Durante todo o ano, o município de João Dourado ofertou atendimento especializado a adolescentes em conflito com a lei e suas respectivas famílias. Uma equipe técnica composta por educadores sociais, assistente social e psicóloga acompanhou de perto estes menores infratores, motivando sua volta ao convívio social de maneira saudável. O incentivo ao retorno aos estudos e à profissionalização destes jovens também faz parte das ações do programa.