JOVEM ESCRITOR C&R

João Antônio é de Juazeiro da Bahia, tem 22 anos e é o autor desta segunda 18

Cultura&Realidade - 18 de Novembro de 2019

file-2019-11-18172923.275834-CAPA1b7170a2-0a42-11ea-955b-f23c917a2cda.jpg

Para mais informações sobre o projeto, quem pode e como participar, acesse nosas redes sociais: Facebook Instagram

 

Minha poesia

Ela me chamou de poeta. Dizem que poeta é quem faz poesia. Mal sabe ela que a poesia que faço não é poesia. Não são nem palavras escritas. Talvez digitadas como agora na tela desse celular. São sentimentos expostos, como uma ferida aberta e profunda, mas que não dói. São pensamentos de admiração, como uma idolatria por um artista, que faz do amor a sua maior arte, a nossa maior arte. São versos que podem até não rimar, mas acarretam no alívio de ter o que sentir, o que falar, o que mostrar e até mesmo passar o que acabo de pulsar. São verdades sentidas. Ela me chamou de poeta. Mal sabe que é ela mesma que poetiza a minha vida.

João Antônio,  tem 22 anos e mora em Juazeiro-BA, Ensino Superior incompleto, assina suas obras como:  "Uma dose de João".

 


“O que me motiva a escrever são as pessoas que estão ao meu redor, as histórias que são vivenciadas todos os dias e os sentimentos que se conectam com cada pessoa e cada história. Eu escrevo para me libertar de sentimentos ruins e para revelar os sentimentos bons; para inspirar a mim mesmo e a quem se interessar pela minha literatura. Eu escrevo para viver a minha vida e marcar ela a partir disso.”
 
 
JOVEM ESCRITOR C&R

Para mais informações sobre o projeto, quem pode e como participar, acesse nosas redes sociais: Facebook Instagram

Da Redação.