file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Top Prêmio Melhores do Ano 2016

Publieditorial

Irecê: Pesquisa vai apontar as melhores empresas e profissionais do ano em 2016

14 de Dezembro de 2016 (atualizado 09/Mar/2017 20h23)

O resultado do estudo servirá de base para a premiação de empreendedores que são bem avaliados pelos consumidores ireceenses

file-2017-02-07205211.479335-pesquisa_top-prmio0fa00024-ed88-11e6-adfa-047d7b108db3.jpg

Foto: Instituto Terra Viva entrevista o público ireceense para saber as suas preferências de comércio e serviços na cidade (Nara Zanelli) 

Da Redação

Um dos maiores problemas enfrentados pelos consumidores, em qualquer cidade, é o atendimento, especialmente nas áreas do comércio e prestação de serviços, envolvendo, deste o acolhimento ao cliente, atendimento telefônico e cumprimento de prazos. A qualidade dos serviços e dos produtos, são outras questões bastante discutidas pelos consumidores.

A afirmativa está no relatório de estudo realizado pelo Núcleo de Pesquisas da Terra Viva, empresa ligada ao jornal Cultura&Realidade, de Irecê, que dialoga com relatos e estudos especializados sobre as relações de mercado. Visando estimular avanços nestas três bases promotoras da fidelidade dos clientes aos empreendedores, o jornal Cultura&Realidade encomendou à Terra Viva, a realização de uma pesquisa de opinião para avaliar quais as empresas e profissionais autônomos são melhor avaliados pelos usuários de produtos e serviços no mercado Ireceense.

A pesquisa teve início dia 12 e se estenderá até o dia 20 de dezembro. Os dados já estão sendo sistematizados e apontarão, por segmento, as empresas e profissionais que melhor desenvolvem suas atividades, segundo a opinião dos seus consumidores. O resultado será a base para o “Top Prêmio Cultura&Realidade”, cujo evento está sob coordenação da jornalista Nara Zanelli. "O prêmio vai funcionar como um termômetro que mede a força e a eficiência da empresa, pela qualidade do atendimento, serviços e produtos ofertados aos usuários do mercado ireceense", afirma a produtora. Para ela, o prêmio também poderá contribuir para ampliar a cultura de bom atendimento aos consumidores locais, uma vez que os resultados servirão como uma avaliação do comércio de Irecê pelos consumidores.

O PRÊMIO – De acordo com o diretor do jornal Cultura&Realidade, o prêmio será um momento de celebração, onde os empreendedores mais indicados pelos seus clientes, receberão todas as honras meritórias, sem ser-lhes cobrado nenhum valor financeiro pelo título que receberá “É a nossa contribuição para estimular os nossos empreendedores que valorizam a fidelização dos seus clientes, pelo que de melhor eles podem fazer pelo bom atendimento, pelos produtos e serviços de qualidade oferecidos às pessoas que escolhem o mercado da nossa cidade para atender as suas necessidades”, salienta João Gonçalves. Embora os premiados não tenham que pagar absolutamente nada pela premiação, há, entretanto condicionantes para exploração publicitária do fato, como explica a diretora comercial da empresa, Deuraci Vieira. “Estamos investindo em pesquisa e profissionais para que realizem uma premiação que traduza a verdade. Este trabalho é fruto do resultado de estudos que respeitam a avaliação dos consumidores. Aquele que for indicado não receberá contato comercial, apenas a informação de que seu empreendimento foi escolhido pelo público, cabendo a ele participar ou não do ato solene. Não terá substituição do primeiro pelo segundo colocado, por exemplo. Porém, em caso do contemplado optar por fazer uso publicitário do fato, terá de ser de acordo com os critérios adotados pela produção do evento”, explica.

A EMPRESA PESQUISADORA – O Núcleo de Pesquisa da Terra Viva/Cultura&Realidade é o mesmo que há 28 anos se notabilizou nas regiões Oeste e Norte da Bahia, especialmente nos Territórios de Irecê e Chapada Diamantina, pelo elevado índice de acertos em suas pesquisas de avaliação de governos e tendências eleitorais, cravando, em 98% dos casos, os resultados das pesquisas com os resultados das urnas, como ocorrido em Irecê em todas as eleições desde que iniciou suas atividades no ramo de estatística, em 1988.