file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

Incêndio destrói casa no bairro Alto do Moura, em Irecê

20 de Junho de 2017 (atualizado 21/Jun/2017 09h37)

Foto: Bombeiro utiliza esguicho para conter chamas em residência em Irecê (GBC-BA)

Foto: Bombeiro utiliza esguicho para conter chamas em residência em Irecê (GBC-BA)

Redação Cultura&Realidade - Por Alles Alves

Um incêndio devastou uma residência na manhã desta terça-feira (20), no bairro do Alto do Moura, em Irecê. O Grupamento de Bombeiros Civis Voluntários da Bahia (GBC-BA) foi acionado às 10h30 e só conseguiu conter as chamas às 13h00. O imóvel ficou destruído, mas o incêndio foi contido antes que atingisse as casas vizinhas.

A moradora Queliane Souza Gomes estava sozinha em casa, que fica na Rua Amapá, com sua filha de quatro anos. Segundo o relato dos bombeiros civis, Queliane estava alimentando à criança quando viu o fogo se iniciando no quarto da frente da casa. Ela não sabe como o incêndio começou, mas acredita-se que tenha ocorrido algum tipo de curto-circuito em uma das tomadas ou no aparelho de ar-condicionado. A defesa civil deve analisar a causa do incêndio ainda nesta terça-feira.

Casa no Alto do Moura, em Irecê, foi totalmente destruída por incêndio
Foto: Telhado da casa destruído após incêndio. (GBC-Ba)

O GBC-BA informou que foram necessários dois caminhões-pipa para conter as labaredas que tomaram conta da casa e a utilização de um esguicho, equipamento montado na mangueira de incêndio que controla a pressão da água e possibilita ajustes para maior alcance do jato d'água.

A comandante do GBC-BA, Simone Carvalho, afirmou que só teve noção do caso quando “um rapaz de moto chegou chamando na loja Segurança Extintores”, local sede do grupamento. Os bombeiros chegaram logo após o início do incêndio, mas as chamas já tinham se espalhado. “Ficamos das 10h00 até às 13h00 tentando conter o incêndio. Conseguimos antes que atingisse as casas vizinhas e já fizemos o resfriamento das paredes”, conta.

Segundo Simone, os casos de incêndio em Irecê vêm crescendo, porém eles não são noticiados. De janeiro de 2017 até hoje os bombeiros civis de Irecê já atenderam 6 casos de incêndio, a maior parte deles ocasionados por curto-circuitos.