file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Hospital Regional da Chapada Diamantina deve ser entregue no início de 2017

26 de Setembro de 2016

Inaugura-o-HGE-2-1-Carol-Garcia.jpg [caption id="attachment_5796" align="aligncenter" width="584"]HGE2 é parte de investimento do governo em novos hospitais, como os da Mulher, do Cacau e da Chapada, diz Rui Costa . | Foto: Carol Garcia HGE2 é parte de investimento do governo em novos hospitais, como os da Mulher, do Cacau e da Chapada, diz Rui Costa . | Foto: Carol Garcia[/caption] Do Jornal da Chapada O Hospital Regional da Chapada Diamantina, instalado em Seabra, deve ser entregue no início de 2017. A informação foi passada para a imprensa durante a inauguração do Hospital Geral do Estado 2 (HGE 2), que contou com a presença do governador Rui Costa. O chefe do Executivo destacou que, com o HGE 2, o povo da Bahia ganhará uma unidade de saúde moderna e atualizada tecnologicamente para atender de forma mais eficiência aos pacientes. “Aplicamos valores históricos na construção de alto padrão com equipamentos de última geração, iguais ao melhores hospitais particulares do País. Passa a funcionar agora o complexo do HGE, e com essa inauguração as unidades do HGE 1 começam a passar por modernização, com reformas gradativas nas unidades e setores”, disse. Segundo o governador, o novo hospital faz parte de uma série de investimentos, com os futuros Hospitais da Mulher, do Cacau e o da Chapada Diamantina, a serem entregues até o início do próximo ano, além do Hospital Metropolitano, que será construído em Lauro de Freitas. “Tão ou mais importante que o investimento na construção das unidades é o custeio, é o quanto se investe na manutenção, operação e no dia a dia no hospital. Mas estamos trabalhando de forma muito determinada para garantir a qualidade e o acesso ao atendimento médico”, contou Rui. Mais três hospitais até 2017 Até o início do próximo ano, outras três grandes inaugurações vão ampliar o atendimento no estado, com o objetivo de regionalizar cada vez mais a saúde e permitir que as pessoas tenham acesso a atendimento médico de qualidade perto de suas casas. Em Salvador, o Hospital da Mulher deverá ser entregue até o final de 2016, se consagrando como o segundo maior hospital especializado no atendimento à saúde da mulher no Brasil. Serão mais 137 leitos e mais um centro de diagnóstico equipado com tomógrafo computadorizado, ultrassom, doppler scan, raio-x e laboratório 24 horas. No interior, os investimentos seguem para o município de Ilhéus, no litoral sul da Bahia, com o Hospital Regional da Costa do Cacau, que terá atendimento hospitalar para ortopedia, cardiologia e 30 leitos de UTI, já na primeira etapa. Em Seabra, o Hospital da Chapada vai atender, principalmente, casos de urgência e emergência com a criação de mais 101 leitos de internação em diversas espacialidades médicas. Para o secretário da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, os investimentos fazem parte da estratégia da gestão estadual para regionalizar o atendimento no interior. “Esses novos hospitais, juntamente com as policlínicas, vão permitir que a oferta de serviços, principalmente de média e alta complexidade, se descentralize e não se concentre apenas nos grandes centros. No caso das policlínicas, já são dez com ordem de serviço assinadas e serão equipadas com todos o aparelhamento necessário à realização de tomografias, raio-x e outros exames. Isso sem falar nos consórcios de saúde, que permitem que os municípios de uma mesma região utilizem a rede de UPA’s, policlínicas, e outros equipamentos da saúde para prestar uma assistência ainda melhor e mais regionalizada”, destacou.