file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

“Gestor Municipal se mostra insensível com a segurança de clientes e bancários”, protesta presidente do Sindicato

10 de Agosto de 2016

site-images-Comuns-Veto_-_Projeto_de_Lei_Irece.jpg [caption id="attachment_5252" align="aligncenter" width="560"]Documento contendo o veto ao projeto proposto pelo Sindicato dos Bancários. | Foto: Divulgação Documento contendo o veto ao projeto proposto pelo Sindicato dos Bancários. | Foto: Divulgação[/caption] Com grande decepção, os bancários do município de Irecê receberam na tarde desta segunda-feira (08), a notícia do VETO TOTAL, por parte do Prefeito da cidade, Sr. Luiz Pimentel Sobral, do Projeto de Lei (PL) 06/2016 que versa sobre mais um item de segurança para clientes e funcionários dos bancos. O Projeto Protocolado em 15 de abril de 2016, o projeto, de autoria do Vereador (PCdoB), Pascoal Martins, foi proposto pelo Sindicato dos Bancários de Irecê e Região e tinha sido aprovado por unanimidade no dia 16 de junho deste ano, pelos membros daquela Casa. O PL tinha a intenção de estabelecer a obrigatoriedade da instalação de biombos, tapumes ou estruturas similares nas agências bancárias, nos locais de autoatendimento ao público, como forma de preservar a segurança dos clientes. “Havíamos solicitado ao Legislativo Municipal um projeto que visa impedir a famigerada prática da “saidinha bancária”, tão comum no cotidiano como amplamente divulgada pela imprensa. A implantação dos biombos garantiria a privacidade do atendimento facilitando a vida dos bancários e dos usuários. Não há outro adjetivo ao veto que não seja o da frustração”, lamenta Carlos Alberto Bezerra, presidente do Sindicato dos Bancários de Irecê e Região. Os números alarmantes de ataques às instituições financeiras e a clientela, é cada vez mais crescente na Bahia e no País, gestos adotados como o do Gestor Municipal, não contribuem para a redução dessas estatísticas. O presidente do Sindicato dos Bancários de Irecê e Região, insiste: “Vamos lutar firmemente pela derrubada do veto, afinal vários municípios já aprovaram medidas semelhantes. A decisão do Prefeito, ao nosso ver, é pouco razoável e merece reparação imediata”. Confira na íntegra o VETO TOTAL ao Projeto de Lei do Legislativo de Nº 06/2016.   Via Sindicato dos Bancários