Polícia

Foi localizado um dos carros utilizados no assalto ao Banco do Brasil, em América Dourada

Cultura&Realidade - 04 de Fevereiro de 2020

file-2020-02-04111444.537619-WhatsApp_Image_2020-02-04_at_11.09.57b14b1468-4758-11ea-8fae-f23c917a2cda.jpg

As patrulhas se encontram na 14 COORPIN/Irecê, procedendo com os devidos registros - Foto: Ilustração

Na madrugada do último domingo, 2, a cidade de América Dourada acordou assustada com enorme explosão. Bandidos implodiram o acesso à Agência do Banco do Brasil, que ficou destruída.
O método da ação adotado é semelhante aos utilizados pela quadrilha de Zé de Lessa, abatido pela Polícia de Mato Grosso, em dezembro último. A agência ficou destruída.
De imediato as guarnições de serviço, além das equipes da Polícia Rodoviária Estadual, Rondesp/Ch e 7° BPM (4ª Cia e CETO) entraram em diligência.
Concomitante ao acionamento do Plano de Barreira do Batalhão, foram montadas patrulhas motorizadas e direcionadas no terreno de forma coordenada.

Às 14h chegou a informação de que foi avistado, no povoado de Matinha, em Iraquara, um carro em atitude suspeita com as mesmas características do veículo utilizado na fuga, sendo então incursionado ao local da denúncia uma patrulha mista das CIPE'S SEMIÁRIDO e CHAPADA e localizado o veículo Fiat TORO branco, placa PXX-4920.

Por volta das 16h45, após denúncias de populares sobre grupo de pessoas estranhas que estavam no povoado da Boa Vista, em América Dourada, uma patrulha da CAESA após incursionar para averiguação, foi recebida a tiros, onde na refrega um elemento foi alvejado. Com o mesmo foi encontrado um revólver cal 38, com 4 cartuchos deflagrados e 2 picotados. Mesmo socorrido, o indivíduo não resistiu, evoluindo a óbito.

As patrulhas se encontram na 14 COORPIN/Irecê, procedendo com os devidos registros.

Da redação, com conteúdo da CIPE-Semiárido