file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

Festival de Lençóis: música, trilha e poesia. Ireceenses na rota...

10 de Outubro de 2015

lençóis.jpg [caption id="attachment_2545" align="aligncenter" width="601"]lençóis Foto do canto superior esquerdo, aventureiras e aventureiros de Irecê curtindo o festival[/caption]

Ontem foi a abertura do 17º Festival de Lençóis. Milhares de pessoas de todos os cantos do Brasil se encontram por lá e continuam chegando.

Assim como o repertório, o público. Bastante eclético, com predominância dos aventureiros que gostam da boa música. A regra é parar só quando a carcaça não se aguentar de pé. Em sua 17ª edição, o Festival de Lençóis tornou-se um destino esperado por milhares de pessoas durante todo o ano. Pessoas de todas as tribos se encontram lá. Sozinhos, em família ou grupos de amigos, sempre se tem um jeito de chegar e acabar com a solidão e a saudade. Andar pelos corredores da cidade histórica com sua arquitetura colonial, tomar suco ou uma cerveja bem gelada no fim de tarde nos botecos que espalham suas cadeiras porta a fora, ocupando as ruas ou as calçadas ladrilhadas, celebrar a arte da musicalidade brasileira à noite e varar madrugada adentro nos diversos cantos e casarios, poetizando e cantando aos acordes dos violões ou, de repente, de um saxofone a ecoar seu tom, depois levantar bem cedo e pegar uma trilha para contemplar lindas cachoeiras e mergulhar nas águas geladas da chapada. AGENDA - Ontem a programação contou com as apresentações de Choro Labuta, Márcia Castro, Leo Jaime (atração principal) e Hélio Bahia e banda. Hoje a maior expectativa é o show do grupo Scambo, que será precedido de Giô e Pedro Mariano e fechando a noite, Banda Zion. No último dia, amanhã, o público fará a festa com Raiz do Vento, Diogo Nogueira e Baiana System. O Festival de Lençóis tem como conceito a reunião de artistas de expressão nacional e realização de atividades com enfoque nos esportes radicais e no turismo cultural e ecológico.  O evento faz parte do calendário cultural do inverno brasileiro e tem reunido conceituados shows de MPB como Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, Pato Fu, João Bosco, Luís Melodia, Vânia Abreu, Flávio Venturini, Guilherme Arantes, Lobão, Toni Garrido, Jota Velloso, Adriana Calcanhoto, Elza Soares, Nando Reis, Beto Guedes, Armandinho, Jorge Vercilo, Vanessa da Mata, Andrew Tosh, Mariene de Castro, Carlinhos Brown, Leo Gandelman entre outros. Além da música, o evento sempre reserva espaço para diversas manifestações culturais como oficinas e apresentações de dança e teatro, representados por grupos regionais e de outras localidades. O festival é uma ação que une música, arte, cultura, desenvolvimento sustentável e as belas paisagens naturais da Chapada.  IRECEENSES NA ROTA - Para garantir presença de modo alternativo, um grupo liderado por Laianne Dourado anualmente aluga uma casa e uma Van, compra os víveres e se vira na diversão e na cozinha. Assim, o grupo saiu de Irecê ontem, num clima de muita musicalidade e poesia. Lá estão as poetisas Índia Pereira e a preferida de Lua Clara, Núbia Paiva, violeiros como Mateus, Agun, Euler e muito provavelmente Asley Gonçalves se juntará no dia de amanhã.. Para a líder do grupo, a programação de ontem foi fantástica. “Leo Jaime tocou as antigas e todas as apresentações nos presentearam com músicas muito bacanas. Hoje estamos nos divertindo e definindo as trilhas que vamos fazer amanhã. Toda a nossa expectativa de hoje à noite está dirigida para o show do grupo Scambo”, disse a ireceense. Bom, a programação oficial termina neste domingo... mas quem ousa dizer a esta turma que é para vir embora antes de segunda. Segunda, feriado, tem muito ainda o que fazer...