Irecê e Região

Falta de abastecimento de água deixa população de Irecê e região desesperada

Cultura&Realidade - 14 de Dezembro de 2018 (atualizado 14/Dez/2018 18h42)

file-2018-12-14180933.776478-agua8e2d66aa-ffe4-11e8-9991-f23c917a2cda.jpg

Toda a região de Irecê está em desespero com a falta de abastecimento de água. Foto: Reprodução de imagem e vídeo

Toda a região de Irecê está em desespero com a falta de abastecimento de água, por conta, segundo a Embasa, de um rompimento na Adutora do São Francisco, próximo à cidade de Xique-Xique, no último dia 12. As causas ainda não foram informadas. 
Ontem à noite as obras de recuperação foram interrompidas, em razão do alto grau de dificuldade para a ação restauradora, segundo informações da Embasa.
As prefeituras, a exemplo de Irecê e Lapão, estão disponibilizando carros-pipa para abastecimento às famílias mais vulneráveis.
“A situação é crítica e devemos priorizar o socorro às famílias mais necessitadas”, disse o prefeito Elmo Vaz.
A Embasa informou em notas oficiais, que teve de fazer uso da água de Mirorós, através da Adutora do Feijão, para tentar minimizar o impacto do desabastecimento.
A expectativa, de acordo com nota oficial da Embasa, é que o problema seja resolvido até domingo, dia 16.
A população em todos os níveis sociais está revoltada com a empresa, reclamando que as contas chegam em dias, sem descontos dos prejuízos ocorridos.
O professor e escritor Robério Barreto, ao ver nas redes sociais a ação da prefeitura de Irecê, com carros-pipa, disse: “a prefeitura deveria passar a conta para e Embasa, a responsável pelo abastecimento”.
Empreendedores, como restaurantes, consultórios médicos e dentistas estão com forte prejuízos. Alguns já com dois dias fora de atividade.
Nos bairros e comunidades rurais onde chegam os carros-pipa, a população promove cenários de longínquos tempos, quando o meio de abastecimento era bastante utilizado e as pessoas disputavam espaços nas filas, carregando latas e baldes na cabeça. Muitas famílias envolvem até as suas crianças, visando alcançar a maior quantidade possível de água.

Da redação