file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Educação

FAI protocola pedido de autorização para funcionamento de curso de Direito

Rodrigo de Castro Dias - 10 de Maio de 2017 (atualizado 20/Jun/2017 17h38)

Foto: FAI se prepara para oferecer o curso de Direito em breve (Reprodução)

Foto: FAI se prepara para oferecer o curso de Direito em breve (Reprodução)

Após três anos de trabalho, que envolveram um longo esforço de pesquisa, consulta e adequação às exigências legais, a Faculdade de Irecê (FAI) finalmente protocolou o pedido de autorização para funcionamento do seu curso de Bacharelado em Direito.

O pedido ocorre após um criterioso trabalho de avaliação interna que levou em conta aspectos importantes para a viabilização do curso. O trabalho avaliou as condições e os recursos ao funcionamento do bacharelado, levando em consideração itens como espaço físico para atividades pedagógicas e administrativas; disponibilidade e necessidade de aquisição de novos títulos para o acervo bibliográfico; estruturação e qualificação do corpo docente e técnico-administrativo, além do impacto social, econômico da implantação do novo curso para o Território de Irecê.

Espera – Apesar da grande demanda por um curso de direito em Irecê, o pedido da FAI ocorre após quatro anos de “Congelamento” da abertura de novos cursos de Direito no Brasil, por determinação do Ministério da Educação (MEC) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). De acordo com a direção da Instituição, ao longo desse intervalo, a equipe da FAI trabalhou duro para reunir as condições institucionais e físicas necessárias para confecção do projeto pedagógico do curso, que agora se encontra sobre o crivo do MEC.

Em meados de fevereiro deste ano o MEC emitiu a instrução normativa 01/2017 que institui os critérios de avaliação de pedidos de novos cursos de Direito, de imediato a FAI reuniu sua equipe para atualização do projeto pedagógico”, afirma o professor Marcos Carvalho, diretor da FAI.

Expectativa – De acordo com a Direção da FAI, o processo de autorização do novo curso de direito já está tramitando no MEC e a expectativa é de que a visita da comissão do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira aNEP) ocorra já no segundo semestre de 2017.

Para o professor Hebert Durães, coordenador do curso, o pedido de abertura do curso de Direito em Irecê atende a um antigo anseio da região e, por isso, vai além do mero trâmite burocrático ou da simples oferta de novas vagas. “O pedido de abertura do curso de Direito em Irecê, assim como o desenvolvimento e expansão institucional da FAI, reforça que a riqueza da nossa região está em nossa gente e nos coloca cada vez mais próximos de um sonho outrora tão distante: ter acesso à formação jurídica de qualidade sem sair de casa, no conforto do nosso lar”, afirma, com entusiasmo, o professor.

Com informações da FAI