file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

Dona Ivone se despede dos ireceenses. Seu corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores

João Gonçalves - 03 de Novembro de 2018 (atualizado 03/Nov/2018 18h59)

file-2018-11-03182801.021717-JOAO_PAULO57361f20-dfaf-11e8-8738-f23c917a2cda.jpg

Fac-simile da página de João Paulo Pimentel - Foto: Print rede social

“AMOR

Mãe
Não julgava, aconselhava e ajudava.
Não era fraca, determinada e guerreira.
Não pedia, fazia e resolvia.
Não brigava, ensinava e amava.
Não era covarde, lutava e enfrentava.
Não mandava recado, era direta e sincera.
Não enganava, era honesta, fiel e leal.
Não abandonava, era amiga e companheira.
Não tinha raiva, transbordava amor.
Não tinha desculpas, era solução.

Minha fortaleza era saber que estava entre nós. 
Sei que está em um bom lugar e nos iluminando.

Te amaremos sempre!”

Com estes versos publicados em sua página pessoal no Facebook, João Paulo Pimentel Sobral comunicou a despedida da sua mãe, dona Ivone Pimentel, na manhã desta sexta-feira, 2.

O ex-prefeito de Irecê Luizinho Sobral, também na sua página pessoal de Facebook, postou a seguinte mensagem:

“Nossa guerreira descansou.

Você será sempre o nosso grande exemplo de força e superação. Viveu para ajudar as pessoas e nunca desistiu da vida um só minuto. Seu exemplo ficará eternizado em nossos corações.

Te amo, minha mãe!”

Após 15 anos sobrevivendo a um grave AVC, em Salvador, dona Ivone Pimentel Sobral, a matriarca da família, faleceu nesta sexta-feira. Seu corpo foi transladado para Irecê, onde, desde ontem, 2, recebe homenagens dos ireceenses na Câmara de Vereadores.

Seu corpo será sepultado neste domingo, 4, no cemitério de Irecê. Às 8h, conforme informou seus familiares, o corpo será levado para a Catedral Bom Pastor onde será realizada uma Missa de Corpo Presente. Em seguida, seguirá para o cemitário, para as últimas homenagens..

Dona Ivone teve uma vida inteira marcada pela liderança familiar, sempre com traços do acolhimento e carinho. Esta postura humanizada e humanizante ela conseguiu transferir para a vida comunitária, na maneira como recebia as pessoas que mais precisavam de amparo.

Foi uma primeira dama atuante, quando do primeiro mandato da família no comando dos rumos políticos de Irecê, através do seu esposo, o também falecido ex-prefeito de Irecê Luiz Bezerra Sobral.

Ainda no modelo tradicional de fazer assistência social, ela desenvolveu com desenvoltura a sua missão, sendo reconhecida como a "mãe dos pobres de Irecê", sendo tratada com muito carinho.

No campo politico, chegou a disputar uma eleição como candidata a prefeita. Foi a mais dura oponente em disputa eleitoral contra o então prefeito Beto Lelis, para o qual perdeu por apenas 281 votos e até hoje é considerado pelos aliados da família, como um injusto resultado.