file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Festival Gastronômico Paladares do Sertão

Cetep: Inovações tecnológicas, sustentabilidade e segurança no trabalho são temas de seminário

22 de Novembro de 2015

cete.jpg

cete

Nos próximos dias 25, 26 e 27 o Centro Territorial de Educação Profissionalizante (Cetep), realiza o II Seminário Integrado de Agropecuária, Gestão de Negócios e Segurança do Trabalho, com o tema “Inovações tecnológicas, sustentabilidade e gestão social”. Organizado pelos estudantes, professores e equipe gestora, o evento traz na sua grade de programação mesas redondas, conferências, palestras, oficinas, mostras de intervenções sociais, exposições e apresentações culturais. INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - O conceito de inovação é bastante variado, dependendo, principalmente, da sua aplicação. De forma sucinta, pode se dizer que inovação é a exploração com sucesso de novas ideias. E sucesso para as empresas, por exemplo, significa aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, entre outros benefícios. Dentre as várias possibilidades de inovar, aquelas que se referem a inovações de produto ou de processo são conhecidas como inovações tecnológicas. Outros tipos de inovações podem se relacionar a novos mercados, novos modelos de negócio, novos processos e métodos organizacionais. Ou, até mesmo, novas fontes de suprimentos. As pessoas frequentemente confundem inovação e processos de inovação com melhoria contínua e processos relacionados a esse tema. Para que uma inovação seja caracterizada como tal, é necessário que seja causado um impacto significativo na estrutura de preços, na participação de mercado, e dentre outros aspectos, na receita da empresa. As melhorias contínuas, normalmente, não são capazes de criar vantagens competitivas de médio e longo prazo, mas de manter a competitividade dos produtos em termos de custo. Mas inovações tecnológicas não se prende a tão somente ao fator lucro, mas também a qualidade de trabalho, dignidade humana, implementação de atividades sustentáveis, para uma melhor relação do homem com o meio ambiente. SUTENTABILIDADE – Falando em sustentabilidade, trata-se de um termo para definir ações e atividades humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Ou seja, a sustentabilidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico e material sem impactos ambientais irreversíveis, usando os recursos naturais de forma inteligente para que eles se mantenham no futuro. Seguindo estes parâmetros, a humanidade pode garantir o desenvolvimento sustentável. GESTÃO SOCIAL - A gestão social tem sido definida como sendo a construção de diversos espaços para a interacção social. Trata-se de um processo que é levado a cabo numa determinada comunidade e que se baseia na aprendizagem  coletiva, contínua e aberta para a concepção e a execução de projetos que respondam a necessidades e problemas das comunidades. A gestão social implica o diálogo entre diversos atores/intervenientes, como os governantes, as empresas, as organizações civis e os cidadãos. De acordo com o Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores do Ocidente (ITESO), a gestão social é um processo complexo de ações e de tomada de decisões, que inclui desde a abordagem/perspectiva, o estudo e a compreensão de um problema até à concepção e à implementação de propostas. O processo requer uma aprendizagem conjunta e contínua para os grupos sociais, que lhes permita pronunciar-se sobre a concepção das políticas públicas. Em suma, trata-se da construção de um espaço de relação social e vínculos de relacionamento institucional, que se consegue através de um conjunto de ações.