file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

ELEIÇÕES 2018

Candidata a governadora pela Rede, Célia Sacramento fala de propostas para a Bahia

20 de Julho de 2018

file-2018-07-20154954.005808-CELIAb0b8bfae-8c4d-11e8-be7f-f23c917a2cda.jpg

Célia Sacramento, Pr. Enoque e Jailso Matos - Foto: Jornal do Estado

Transcrito do Jornal do Estado/Feira de Santana

Com um vasto currículo que inclui graduação em Ciências Contábeis e Direito, mestrado em Controladoria e Contabilidade, doutorado em Engenharia de Produção, além de ser especialista em auditoria, pericia e consultoria tributária e também em Direito Eleitoral, Célia Sacramento é pré-candidata ao governo do Estado pelo partido REDE Sustentabilidade e esteve em visita a Feira de Santana onde apresentou algumas propostas do seu plano de governo com exclusividade para a equipe do jornal Folha do Estado e falou sobre a convenção do partido.

Após a última reunião do elo da REDE na Bahia além da pré-candidatura de Célia Sacramento, o empresário José Itamário, de Vitória da Conquista, passou a compor a chapa “puro sangue” da REDE como pré-candidato a vice-governador. No ato, o partido também apresentou a porta-voz estadual Iaraci Dias como pré-candidata ao Senado.

A convecção do partido ocorrerá no próximo dia 28, onde serão oficializados os nomes dos candidatos. “Nós estamos às vésperas da convenção da REDE que acontecerá dia 28 deste mês, ali conforme estabelecem às regras da legislação eleitoral nós vamos oficializar o nome da candidata a governadora e também do vice-governador e também dos pré-candidatos a deputados estaduais e federais. Aqui em Feira de Santana nós temos os pré-candidatos pastor Enoque e Jainilson Matos e em quase todos os municípios nós temos cerca de 30 pré-candidatos a deputados federais e 25 a deputados estaduais que vão pra convenção. A partir daí vamos está apresentando nossas propostas”, disse a Celia Sacramento.

Desemprego

Sobre as propostas a pré-candidata afirmou que o principal foco do partido será o desemprego. “O nosso foco principal é o problema brasileiro, que pudemos identificar em uma pesquisa que saiu agora são mais de 15 milhões de pessoas desempregadas, e isso não é brincadeira. Aqui na Bahia 1 milhão e 200 mil pessoas desempregadas, então o nosso foco é viabilizar projetos que gerem emprego e renda. Quais são os projetos que vão possibilitar a geração de emprego e renda? Nós vamos investir pesado na agricultura familiar, no fortalecimento das cooperativas. Nós temos um estado que é riquíssimo em potencial turístico mal explorado, então nós vamos investir pesado nesse potencia”.

Especialista na área Tributaria, Celia Sacramento disse que irá viabilizar uma redução da carga tributário e buscar a reversão dos empresários que pensam em sair do estado devido os tributos do estado. “O ICMS caiu e não existe uma proposta de governo para que os empresários que estão sem conseguir cumprir com suas obrigações, consigam se estabelecer no estado, então estamos com propostas para essa área”.

Violência e juventude

Outro ponto abordado pela pré-candidata da REDE foi a violência e o extermínio dos jovens. De acordo com a professora doutora, os investimentos feitos pela gestão atual têm sido direcionados de forma errada já que o índice de mortes de jovens, principalmente negros tem aumentando em todos estado.

Nós também estamos preocupados com a juventude, a juventude é o futuro e você sabe que saiu recentemente no mapa da violência que a Bahia tem as cinco cidades mais violentas do Brasil, mais violentadas pelo sistema e nós temos propostas reais para desenvolver, o governo. “Vai ser um cenário de cuidado com a juventude que quando chega no extremo que a juventude está colocando inclusive os policiais como vitimas porque eles tem que ir para lá pra combater o jovem que foi catequisado sem uma politica pública, então o jovem que já está em uma situação de criminalidade. E ele não pode chegar a esse extremo”, afimou.

Outras propostas

Além de segurança, economia e empregabilidade, Celia afirmou que dentro das propostas estão o incentivo a extensão universitária e qualificação profissional dos cidadãos e também a valorização da medicina preventiva como foco da gestão em saúde. “Queremos incentivar a população a criar novos hábitos de alimentação, incentivar a atividade física. Então a medicina preventiva, isso quer dizer que vamos fortalecer os agentes de saúde e de endemias, que são os que estão na ponta, nas casas das pessoas de modo geral. Porque nós temos um sistema de saúde de modo geral que ele é fantástico e ele precisa sair do papel. Eu atualmente sou atendida pelo SUS porque acredito no SUS. Os médicos precisam ser valorizados, os enfermeiros precisam ser valorizados para cuidarem das pessoas com a medicina preventiva. Chega das pessoas já chegarem às unidades com o açúcar alto, com colesterol alto, já chegarem para morrer, temos que acabar com isso. Vamos cuidar das pessoas antes, vamos viabilizar a limpeza, a questão sanitária”.

Celia foi a primeira vice-prefeita negra eleita (2013-2016) da cidade de Salvador e pretende ser a primeira mulher a governar o estado da Bahia.