Irecê e Região

Câmara Municipal de Morro do Chapéu cria CPI para investigar situação previdenciária 

Cultura&Realidade - 30 de Agosto de 2019

file-2019-08-30171943.713762-Morro80f39ca2-cb63-11e9-a91d-f23c917a2cda.jpg

O objetivo da CPI é apurar o motivo das suspensões e avaliar o que pode ser feito para sanar as pendências e evitar que o fato se repita no futuro. Foto Ilustração

 

A Câmara Municipal resolveu por unanimidade, criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a da suspensão de pagamento de parte dos segurados do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Morro do Chapéu (IPSPM). De acordo com levantamento junto aos segurados, a prefeitura de Morro do Chapéu deve aproximadamente 64 milhões à Caixa da Previdência no município.

O objetivo da CPI é apurar o motivo das suspensões e avaliar o que pode ser feito para sanar as pendências e evitar que o fato se repita no futuro. Para o presidente da Casa, é importante a Câmara se posicionar e dar uma resposta a sociedade e aos segurados do município. “A CPI foi aprovada por todos os vereadores e nossa ideia é somar esforços na busca de uma solução para este problema tão grave”, avaliou.

O ato de criação da Comissão, que será formada por 5 integrantes, foi lido na Sessão Plenária da Casa. A partir de agora tem início o prazo para os parlamentares indicarem os representantes para a Comissão, que deve acontecer durante a Sessão Ordinária dessa sexta-feira (30).
 
Da redação, com conteúdo da Rede Caraíbas