file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

CAA realiza seminário territorial e oficina de capacitação para Agentes Comunitários

João Gonçalves - 09 de Novembro de 2018

file-2018-11-09170601.719657-caae18eb812-e45a-11e8-8738-f23c917a2cda.jpg

Oficina avalia e define encaminhamentos para as atividades dos Agentes Comunitários Rurais - Foto: Ascom/CAA 

Aconteceu nos dias 30 e 31 de outubro o primeiro Seminário Territorial do 2º ano de execução do projeto de Assistência Técnica para Empreendimentos Rurais (ATER), uma parceria do Centro de Assessoria do Assuruá (CAA) com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

O evento foi realizado no auditório da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) em Irecê, e contou com a participação de líderes comunitários, presidentes de associações, agentes comunitários rurais (ACR’s), e agentes comunitários de apicultura (ACA’s).

O seminário teve como objetivo avaliar, validar e reorientar as ações desenvolvidas pelos ACR’s, ACA’s e pelo CAA, assim como buscar encaminhamentos coletivos que ajudem os de grupos beneficiários a se organizarem em redes auto colaborativas e alcançarem os indicadores de resultados previstos nos Planos de Negócios (para os empreendimentos de acesso à mercado) e também nos Planos de Trabalhos dos Subprojetos socioambientais.

Será realizado mais um seminário no decorrer do 2º ano e mais dois seminários no 3º ano de execução do projeto.

Aconteceu também nos dias 06 e 07 de novembro, dentro da finalidade do projeto citado, a Oficina de Capacitação dos ACR’s e ACA’s contratados pelas associações beneficiárias dos empreendimentos. Realizada no escritório do CAA em Irecê, a oficina contou com a participação de cerca de 15 agentes, que trocaram informações e receberam orientações da equipe prestadora da ATER para as atividades a serem desenvolvidas no campo.

O objetivo é realizar a preparação dos Agentes para as suas atividades de campo, além de monitorar desempenhos, avaliar e reorientar asatividades entre uma e outra oficina e fazer formação continuada desses jovens para que cumpram serviços de qualidade junto aos agricultores e alcancem os resultados previstos no Plano de Negócio do Empreendimento (para empreendimentos de acesso a mercados) e os resultados esperados dos projetos socioambientais.

Segundo o assessor pedagógico do CAA Cesar Damásio, “o Seminário é um instrumento importante para afinar as percepções do andamento do projeto, que está entrando numa fase do planejamento oportuno para avaliar o caminho trilhado no ano corrente e planejar o segundo ano, sempre buscando o melhor desenvolvimento possível da nossa atuação com a ATER, como parte importante desse conjunto de medidas e investimentos do Bahia Produtiva. Uma outra ação de grande importância é a Oficina dos ACA’s e ACR’s, em que avalia-se qualitativamente e quantitativamente o desempenho dos agentes comunitários, com o auxílio de planilhas de monitoramento desenvolvidas para acompanhar o custeio, receita bruta e o objetivo final da receita liquida. Tudo isso, além de pensarmos as ações conjuntamente, num planejamento estratégico que possa resultar na melhoria da gestão das Unidades de Produção Familiar (UPF’s), capacitando-os para desempenhar esse papel fundamental nas comunidades com os beneficiários diretos do projeto. ”

No decorrer do 2º ano serão realizadas mais duas oficinas para a capacitação de Agentes.

Fonte: ASCOM/CAA