file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Geral

Aumenta número de suicídios na região de Irecê. A média supera três casos por mês

Cultura&Realidade - 14 de Setembro de 2017 (atualizado 14/Set/2017 17h36)

file-2017-09-14172433.136860-SETEMBROb81a7f6e-998a-11e7-97a4-f23c917a2cda.jpg

Profissionais de saúde realizam ciclo de palestras nas escolas de Irecê. Foto: Tamires de Castro.

Esta semana teve início a campanha “Setembro Amarelo”, que tem por finalidade desenvolver atividades de prevenção ao suicídio. Em todo o País, diversos setores, públicos e dos movimentos sociais realizam ações que levam às diversas pessoas, informações de como prevenir suicídios.

No Brasil, entre 1980 e 2012, as taxas de suicídio cresceram 62,5% na população em geral. Os dados são da pesquisa Violência Letal contra as Crianças e Adolescentes do Brasil e do Mapa da Violência: os Jovens do Brasil, ambos coordenados pelo sociólogo Julio Jacopo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), organismo de cooperação internacional para pesquisa.

Na região de Irecê, os índices são preocupantes. Em 2016 foram registrados 32 suicídios, sendo cinco apenas em Irecê. Estes números podem ser maiores, se casos em investigação pela Coordenadoria de Policia Judiciária de Irecê, confirmarem o auto sacrifício da vida. Em 2017, a média/mês eleva os casos na região. Já são 25, até o final de agosto, média de 3,1 suicídios/mês. Em 2016, a média foi de 2,6 por mês.

Através das suas diversas estruturas de serviços, a Secretaria Municipal de Saúde de Irecê iniciou o “Setembro Amarelo” dia 11, com palestra na Escola Luiz Viana Filho. Nos dias 12 e 13, a pauta se repetiu na Escola Polivalente.

Hoje a ocorreu palestra na Escola Odete Nunes Dourado. Nesta sexta-feira, 15, às 9h, será a vez da comunidade escolar Joel Americano Lopes. A culminância será dia 21, às 9h, com atividade dirigida pelo psiquiatra Georjane Dourado, no auditório do Colégio Modelo, seguida de caminhada pelas principais ruas de Irecê.

ATENÇÃO AOS SINAIS - Os especialistas sobre o assunto apontam os principais sinais que podem despertar a atenção da amigos e familiares, para que procedam o diálogo preventivo. Saiba como identificar características de um jovem com tendências suicidas

·         Alterações significativas na personalidade ou nos hábitos;

·         comportamento ansioso, agitado ou deprimido;

·         queda no rendimento escolar;

·         afastamento da família e de amigos;

·         perda de interesse por atividades de que gostava;

·         descuido com a aparência;

·         perda ou ganho repentinos de peso;

·         mudança no padrão usual de sono;

·         comentários autodepreciativos recorrentes ou negativos e desesperançosos em relação ao futuro;

·         disforia (combinação de tristeza, irritabilidade e acessos de raiva);

·         comentários sobre morte, sobre pessoas que morreram e interesse pelo assunto;

·         doação de pertences que valorizava;

·         expressão clara ou velada de querer morrer ou de pôr fim à vida.

 

Da Redação, com a colaboração do repórter policial Zé Bastos/Caraíbas FM