Irecê e Região

Audiência para avaliação de metas fiscais aconteceu hoje, em Irecê

Cultura&Realidade - 29 de Maio de 2019 (atualizado 29/Mai/2019 16h43)

file-2019-05-29163405.950114-d72955f3-6b78-4877-82e5-a0f92cbc3876b8b31c6c-8248-11e9-9efe-f23c917a2cda.jpg

Controlador Interno do município de Irecê, Edvanilson Alecrim. Foto: Gilberto Neiva

Por Gilberto Neiva/Redação

Aconteceu nesta quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Vereadores de Irecê, Audiência Pública Para Avaliação das Metas Fiscais do 1º quadrimestre de 2019 da Prefeitura, cumprindo o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal de N° 101/2000. 

A audiência foi mediada pelo Controlador Interno do município, Edvanilson Alecrim. 

O principal objetivo foi demonstrar o desempenho da execução orçamentária e financeiro do 1º quadrimestre de 2019 e avaliar o cumprimento das metas fiscais previamente estabelecidas para o município. Os resultados apresentados demonstraram que Irecê atingiu as metas fiscais estabelecidas. Segundo o controlador, atualmente a área de saúde é a que mais contribui para o ISS (Imposto Sobre Serviço) no município. “Irecê vem crescendo, vai bem na saúde, é referência na região e no estado”, disse.

FUNDEB – O controlador falou sobre o recurso destinado para toda área de educação, represado no governo federal. Ele disse que após batalha judicial, a disponibilidade do recurso “está aguardando liberação de alvará da justiça”. Segundo ele, o valor repassado será de R$ 20milhões. Elmo Vaz, prefeito de Irecê, já teve alguns empecilhos no repasse do recurso para o município. Em 2018, teve dificuldades com a falta de recursos para custeio da educação, uma vez que o Fundeb é insuficiente para todas as obrigações com o ensino. Mas, em articulação com a APLB-Sindicato, em fevereiro deste ano, anunciou o reajuste anual de 4,17% para os profissionais da educação.

Estiveram presentes as vereadoras, Meirinha e Margarida Cardoso, e os vereadores, membros da Comissão de Finanças Orçamentárias, Valdereis Lopes, Antonio de Jesus e Fabiano Bia. Apesar de importante ato de prestação de contas, a população não compareceu.

Fotos: